Agora morena, funkeira do ‘BBB1' abre hamburguerias e projeta faturar mais de R$ 500 mil

Cris na época do "Big btother Brasil" em 2002, e atualmente, aos 41 anos
Agora morena, funkeira do ‘BBB1' abre hamburguerias e projeta faturar mais de R$ 500 mil

Destaque da primeira edição do “Big Brother Brasil”, a carioca Cristiana Mota, agora morena, largou o funk e entrou para o ramo dos negócios. Aos 41 anos, ela está abrindo duas hamburguerias no Rio e investiu mais de R$ 200 mil no projeto. Cris ganhou destaque no “BBB 1” pelo jeito debochado e por ter protagonizado o primeiro barraco da história do programa ao brigar com o participante Bruno por causa de uma lata de leite condensado (lembra?). No reality show, ela também fez uma dupla com a então amiga Leka.




Cristiana quando foi eliminada na primeira edição do "BBB" Foto: Renato Rocha Miranda/ divulgação/ tv globo

Famosa na época em que deixou o confinamento, Cris chegou a substituir a Mãe Loira Verônica Costa no programa de TV da Furacão 2000, apresentou bailes funk pelo país e comandou um programa de rádio. Formada em Publicidade, ela também chegou a trabalhar como chefe de assessoria de comunicação da Câmera dos Vereadores do Rio e ficou por dez anos numa agência de publicidade.


O projeto da hamburgueria surgiu a partir da ideia do meu marido, também empresário, e com quem ela é casada há onze anos.

“Fui de um extremo ao outro, mas comecei a sentir necessidade de abrir uma coisa minha. O meu marido, então, comprou um ônibus e transformou esse ônibus num hotel para motociclistas. Em cima disso, vimos a necessidade de trabalhar com gastronomia, vendendo hambúrgueres e bebida para o pessoal durante as viagens, e começou a paixão”, conta ela.




Cris comanda as obras das duas hamburguerias Foto: Arquivo pessoal

De salto alto e maquiagem, Cris fiscaliza pessoalmente a etapa final nas obras nas duas lojas, uma dentro do Centro Cultural João Nogueira, o Imperator, no Méier, na Zona Norte do Rio, e outra na Estrada do Três Rios, em Jacarepaguá, Zona Oeste.




“Não são franquias. Por serem duas lojas, eu estou entrando com a parte de investimento, para compra de material e montagem das lojas. Então, o gasto é maior nesse início. A loja do Imperator vamos abrir daqui a 15 dias, já a de Jacarepaguá, penso em inaugurá-la em setembro. Lá vai ser um restaurante que vai ter também serviço de delivery, além de uma variedade de carnes e 14 tipos de hambúrgueres artesanais”, informa ela, que mora no Grajaú, na Zona Norte, e não tem filhos.



Cris participou da primeira edição do "BBB 1" Foto: Instagram

Do programa, Cris guarda a amizade com o ex-participante e cantor André Gabeh e se diverte ao lembrar da fama de barraqueira que ganhou durante o confinamento. “Estou com uma cara mais normal agora (risos). Eu me revejo hoje e falo: ‘Nossa, que fase’ (risos)”, diverte-se.

Sobre o prêmio de R$ 500 mil que perdeu na época para o vencedor Kléber Bambam, Cris acredita que possa faturar muito mais com o seu talento como empreendedora.


“A minha ideia é ter algo meu, trabalhar com amor. Lógico que a gente pensa no retorno, mas isso é uma consequência do trabalho. O nosso produto é bom, eu sou viciada em hambúrgueres (risos). E eu também não tenho frescura, coloco a mão na massa mesmo. Levo jeito para coisa, gosto do que eu faço e sou feliz. Fico descansada e acredito que eu venha, sim, ter um retorno maior que R$ 500 mil”.



A ex-BBB vai abrir uma hamburgueria


Via Extra
18/08/2016






Compartilhe nas redes sociais

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS QUE ESTÃO BOMBANDO NO BAIXADA VIVA

Próximo post
« Prev Post
Post anterior
Next Post »