Corpo de jovem é encontrado seminu e com punhos amarrados após festa rave



Um crime ainda sem explicações atormenta os amigos do jovem Atarxerxes Alves Ribeiro. O estudante, de 20 anos, que estava desaparecido desde o último domingo, foi encontrado morto nesta quarta-feira no estacionamento de um clube em Sumaré, em São Paulo.


Segundo a amiga do jovem Eliane da Silva Paixão, que fez a primeira identificação do corpo, que foi encontrado há 100 metros do estacionamento do Clube Parque das Águas, Atarxerxes estava apenas de cueca e com uma corda amarrada nos pulsos.


— Foi horrível e chocante vê-lo assim. O corpo dele estava inchado ao extremo. O rosto dele estava preto. Ele estava roxo na barriga e nas pernas — lamenta a assistente administrativa, de 27 anos.




No sábado, dia 13, o estudante foi a uma festa rave junto com cinco amigos, que começou por volta de 13h. De acordo com Eliane, os colegas do rapaz se perderam dele durante a madrugada, por volta das 3h, e não conseguiram mais contato.


— Eles disseram que marcaram um ponto de encontro mas ele não voltou nesse local. Eu e algumas pessoas montamos uma equipe para procurá-lo ao redor do clube, porque fica numa parte que tem muito matagal — diz a jovem, que estranha a identidade de Atarxerxes ter sido encontrada em Campinas, há 30 km da festa: — Perdemos muito tempo procurando lá para ver se encontrávamos alguma coisa, mas não deu em nada.






Atarxerxes era fã de música eletrônica, mas essa foi a primeira vez que o estudante foi num evento desse tipo.


— Ele era um garoto super inteligente, gostava das músicas mas nunca tinha ido nessas festas por causa da mãe. Até agora ninguém sabe de nada, ninguém viu nada. Disseram que a viram com uma menina, mas ninguém sabe dar cor de roupa ou alguma outra informação.


O corpo de Atarxerxes Alves Ribeiro foi enterrado na quinta-feira. A Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Americana estpa investigando o caso.




Via Extra

Compartilhe nas redes sociais

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS QUE ESTÃO BOMBANDO NO BAIXADA VIVA

Próximo post
« Prev Post
Post anterior
Next Post »