Defensores de animais entram com ação no Ministério Público




Insatisfeitos com o tratamento dado aos animais e com a ausência de leis municipais que visem protegê-los contra violência e abandono, um grupo de defensores de animais em Nova Iguaçu, decidiu ingressar com uma Ação Civil Pública, no Ministério Público do Estado do Rio de Janeiro, exigindo que o município de Nova Iguaçu, adote políticas públicas visando a defesa e proteção de animais domésticos e de rua.

Um dos mobilizadores da iniciativa é o comerciante Denílson Marques, de 46 anos (camisa listrada) bastante conhecido na região onde mora por se dedicar há anos pela causa dos animais.

"Acreditamos que é de responsabilidade e competência do município, elaborar e viabilizar políticas públicas em proteção e defesa dos animais. Não só os de rua, mas também aqueles que sofrem maus tratos por parte de seus proprietários. Precisamos de leis mais severas que inclusive, sejam passivas de prisão e multa, para casos de abandono e maus tratos de animais", disse Denilson.

Atualmente, Denílson trabalha em uma campanha onde espalha nos comércios da região onde mora e em bairros vizinhos, cofrinhos para arrecadar fundos para doação a abrigos que passam por dificuldades por não receberem nenhuma ajuda do poder público e sobreviverem apenas de doações. Cerca de 50 cofrinhos já encontram-se espalhados por bairros de Nova Iguaçu.

Quem tiver interesse em ajudar, pode entrar em contato através do telefone 98665-8482.


Via: Jornal de Hoje
27/08/2016

Compartilhe nas redes sociais

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS QUE ESTÃO BOMBANDO NO BAIXADA VIVA

Próximo post
« Prev Post
Post anterior
Next Post »