Menina era mantida em cárcere privado pela mãe e uma pastora sob alegação de 'possessão demoníaca'





Após passar duas semanas no hospital para se recuperar dos maus-tratos. Uma menina de 8 anos, que era mantida em cárcere privado pela mãe e uma pastora evangélica, em Ceilândia, Distrito Federal, poderá finalmente dormir em casa. A mãe deixava a filha encarcerada por suspeita de possessão demoníaca.

Segundo informações do site 'Metrópoles', após ser libertada pelo Conselho Tutelar e pela Polícia Militar, ela ficará com o pai e a madrasta. Mesmo recuperada da desidratação, a garotinha ainda se movimentava com a ajuda de uma cadeira de rodas, mas estava sorridente durante uma festa para comemorar sua chegada.

A família, amigos e os policiais que ajudaram no caso fizeram uma pequena festa nos fundos da residência, onde a família irá morar. Em parceria, policiais militares, professores, conselheiros tutelares e membros da comunidade também se uniram para reformar o quarto da criança. 

Ainda segundo a publicação, a festa movimentou a rua onde vive a família. A todo instante pessoas chegavam para transmitir um pouco de carinho à menina. Dentistas e médicos também entraram em contato com a família para oferecer consultas à menina.

Via Notícias ao minuto


Compartilhe nas redes sociais

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS QUE ESTÃO BOMBANDO NO BAIXADA VIVA

Próximo post
« Prev Post
Post anterior
Next Post »