Menor suspeito de matar psiquiatra em Cabo Frio se entrega à polícia e confessa crime




O adolescente suspeito de matar o psiquiatra Adilson Bechara em Cabo Frio, na Região dos Lagos, se entregou na 126ª DP (Cabo Frio) na noite da última sexta-feira, após ser procurado por dois dias. Acompanhado de um advogado, o menor de 15 anos foi ouvido e confessou o crime, ocorrido no domingo. Ele responderá por fato análogo a roubo seguido de morte.

Uma investigação comandada pelo delegado Carlos Alberto Meirelles de Abreu Filho, titular da unidade, identificou que, no dia do assassinato, Adilson Bechara estava dentro de seu carro, parado em um estacionamento próximo aos quiosques da Praça das Águas, na Praia do Forte, em Cabo Frio. Por volta das três horas da manhã, o médico foi abordado pelo adolescente que, após exigir dinheiro, golpeou a vítima com facadas no lado esquerdo do tórax. O psiquiatra foi levado ao hospital por frequentadores do quiosque, mas não resistiu aos ferimentos.

De acordo com provas colhidas, o menor estava acompanhado de uma travesti, conhecida como Hyara Safadex, de aproximadamente 20 anos.

Logo que o autor do crime foi identificado, a Justiça autorizou o pedido de busca e apreensão do adolescente feito pelo delegado da 126ª DP. No entanto, apesar das diligências, ele não havia sido localizado.

Via Extra



Compartilhe nas redes sociais

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS QUE ESTÃO BOMBANDO NO BAIXADA VIVA

Próximo post
« Prev Post
Post anterior
Next Post »