Número de homicídios tem aumento de 44,5% na Baixada Fluminense




O número de homicídios na Baixada Fluminense teve aumento de 44,5% em junho desse ano, em comparação ao mesmo período do ano passado. É o que revela os dados do Instituto de Segurança Pública (ISP) do Estado. 




De acordo com o ISP, os municípios de Magé, Guapimirim e Piabetá, lideram o ranking de homicídios da Baixada. O número de casos saltou de 5 para 12 homicídios registrados pelo 34ª BPM (Magé). Esse crescimento representa um aumento de 140%.



Enquanto isso, Duque de Caxias e seus três distritos – Imbariê, Campos Elísios e Xerém – policiados pelo 15º BPM ficaram em segundo lugar, com um aumento de 138,46% na região. Ao todo, 31 foram executados esse ano. São 18 vítimas a mais do que no ano anterior.



O 20º BPM (Mesquita), responsável por patrulhar os municípios de Nilópolis, Mesquita e Nova Iguaçu, também registrou crescimento expressivo de 30,76%, e fechou o sexto mês de 2016 com 51 mortos. Foram 12 casos a mais do que no ano passado.



Belford Roxo também teve aumento no número de executados, saltando de 12 para 22 vítimas. O percentual de casos registrados pela área coberta pelo 39º BPM aumentou em 83,33%, se comparar o mês de junho desse ano com o do ano passado. 



Via Conecta Baixada
27/08/2016


Compartilhe nas redes sociais

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS QUE ESTÃO BOMBANDO NO BAIXADA VIVA

Próximo post
« Prev Post
Post anterior
Next Post »