Perito Legista do IML de Nova Iguaçu é preso após abusar de paciente

Perito foi preso após ser denunciado por colegas Foto: Divulgação / Polícia Civil

O perito legista Lizeu Sales Vilardo, da Polícia Civil do Rio, foi preso nesta sexta-feira por agentes da Delegacia Especial de Atendimento à Mulher (Deam) de São João de Meriti, por abusar de uma paciente num posto de saúde no município da Baixada Fluminense. Segundo depoimentos prestados na delegacia por colegas de trabalho do perito, ele passou a mão e encostou o pênis no corpo da paciente. O perito é lotado no IML de Nova Iguaçu e

Lizeu vai responder pelo crime de violação sexual mediante fraude, com pena de dois a seis anos. De acordo com uma médica que denunciou o caso à polícia, “várias pacientes, mulheres jovens, já reclamaram por terem sido abusadas sexualmente por Lizeu”. Ainda segundo o depoimento da médica, a paciente tentou se desvencilhar do perito na manhã desta sexta-feira, mas ele “segurou a porta para evitar que as pessoas que estavam no corredor percebessem o que estava acontecendo”.


Segundo depoimento, várias pacientes já haviam reclamado de médico Foto: Divulgação / Polícia Civil


Após o caso, a paciente precisou ser atendida novamente por outros médicos do posto, porque estava nervosa, chorando muito e apresentava pressão alta. Foi nessa consulta que a mulher denunciou o abuso.



Via Extra
12/08/2016

Compartilhe nas redes sociais

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS QUE ESTÃO BOMBANDO NO BAIXADA VIVA

Próximo post
« Prev Post
Post anterior
Next Post »