Polícia Civil prende traficante da Baixada Fluminense em mansão de luxo

“Mexicano” detido em mansão de luxo Foto: Divulgação/Polícia Civil


Policiais Civis da Delegacia de Combate às Drogas (DCOD) prenderam o traficante Hebert Queiroz de Almeida, conhecido como “Mexicano”, “Pixoco” ou “El Chapo da Baixada”. Mexicano é o responsável por dominar e implantar o tráfico de drogas na região da favela da Palmeira, em Belford Roxo, município da Região Metropolitana do Rio de Janeiro.


Ele foi capturado em uma mansão de luxo no bairro de Nova Luzitânia, em Maricá. A casa tinha piscina com as iniciais do nome dele no fundo, além de hidromassagem. Dentro, policiais encontraram cocaína embalada para venda, com inscrições da favela da Palmeira.

Hidromassagem na mansão onde "Mexicano" foi preso Foto: Divulgação/Polícia Civil


Piscina da mansão Foto: Divulgação/Polícia Civil



Mansão de "Mexicano" vista pelo lado de fora Foto: Divulgação/Polícia Civil



A comunidade é a única na Baixada Fluminense em que atua a facção criminosa Terceiro Comando Puro, conhecida pela quantidade de cocaína comercializada.

Havia um mandado de prisão preventiva contra “Mexicano” por tráfico e associação para o tráfico de drogas. Ele já estava sendo investigado pela polícia há três meses. Segundo a Polícia Civil, ele também é responsável por estabelecer vínculos com as comunidades de Acari e Amarelinho, onde conseguiria a cocaína revendida depois. As investigações apontam também que o traficante possui uma transportadora usada para lavagem de dinheiro. Foram apreendidos, inclusive, comprovantes de depósitos bancários com quantias expressivas.

Via Extra
30/08/2016


Compartilhe nas redes sociais

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS QUE ESTÃO BOMBANDO NO BAIXADA VIVA

Próximo post
« Prev Post
Post anterior
Next Post »