'Quero minha filha', pede, em choque, mãe de menina morta esfaqueada




Com a roupa suja ainda suja de sangue e em estado de choque, a mãe de Kayllane Magalhães Barbosa, de 9 anos, morta esfaqueada no Morro da Coroa, em Santa Teresa, chegou ao Instituto Médico Legal (IML), no Centro, na manhã desta sexta-feira. Amparada por familiares, Leidijane Magalhães somente repetia, em voz baixa, um pedido desesperador. " Quero minha filha, quero minha filha". O padrasto foi preso em flagrante pelo crime.

A menina foi atingida por pelo menos sete facadas nas regiões do pescoço, tórax e costas. A pequena Kayllane chegou a ser socorrida no Hospital Municipal Souza Aguiar, no Centro, mas não resistiu. De acordo com informações da Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) da comunidade, testemunhas contaram que o padrasto teria esfaqueado a enteada e, depois, caído de uma laje. As circunstâncias da queda ainda são desconhecidas.

O tio da menina, Rafael Magalhães, disse que a menina costumava ficar na casa da avó, no andar de baixo da casa onde moravam, enquanto a mãe trabalhava.

Kayllane subiu para o segundo andar para buscar roubas e seu material de estudos para ir à explicadora. Foi neste momento que ela encontrou com o padrasto, que a esfaqueou. A mãe foi avisada do crime e saiu do trabalho, desesperada. Ela chegou a ver a filha ainda no local com a faca no corpo. 

Ao chegar no local, os agentes encontraram o padrasto ferido e o levaram também para o Hospital Municipal Souza Aguiar. O local onde a menina foi esfaqueada foi preservado para o trabalho Delegacia de Homicídios da Capital (DH-Capital), que realizou a perícia. Segundo a DH-Capital, Gabriel Santos Rodrigues, de 23 anos, foi preso em flagrante por feminicídio. A faca usada por ele foi encontrada na cena do crime. De acordo com famliares, ele possuía um ciúme muito possessivo e sem justificativas.


Via O Dia

Compartilhe nas redes sociais

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS QUE ESTÃO BOMBANDO NO BAIXADA VIVA

Próximo post
« Prev Post
Post anterior
Next Post »