Fabricante realiza trocas de 500 mil caixas de molho de tomate por conter pelo de roedor acima do permitido



Uma campanha de recall dos extratos de tomate da marca Elefante e dos molhos de tomate Pomarola foi protocolada pela Cargill Agrícola S.A. junto à Secretaria Nacional do Consumidor, do Ministério da Justiça e Cidadania. As informações são do Portal Brasil.

O Código de Defesa do Consumidor determina que o fornecedor repare ou troque o produto defeituoso a qualquer momento e de forma gratuita. Se houver dificuldade, a recomendação é procurar um dos órgãos de proteção e defesa do consumidor.

Mais informações podem ser obtidas junto à Cargill, por meio do telefone 0800 648 0808. Detalhes sobre a campanha de chamamento também estão disponíveis no site do Ministério da Justiça e Cidadania.

Extrato de tomate Elefante

"A Cargill Agrícola S.A. protocolou campanha de chamamento dos extratos de tomate da marca Elefante, embalagem em lata com conteúdo líquido 340g, lote 011810, devido à existência de fragmentos de pelo de roedor acima do limite máximo de tolerância.

De acordo com a Cargill, a campanha de chamamento, apresentada em 25 de agosto de 2016, abrange 334.704 produtos, produzidos em 18 de outubro de 2014, com vencimento em 07 de outubro de 2016, e colocados no mercado de consumo, com numeração de lote 011810.

Quanto aos riscos à saúde e à segurança dos consumidores, a Cargill informou ter detectado a possibilidade de "existência de fragmentos de pelo de roedor acima do limite máximo de tolerância". A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou que o fato é "indicativo de risco à saúde humana".

Molho de tomate tradicional Pomarola e extrato de tomate Elefante

"A Cargill Agrícola S.A. protocolou campanha de chamamento após a Visa/SC constatar a "presença de elementos histológicos de Origanum vulgare (orégano) não típico do produto e de fragmentos de pelo de roedor em quantidade superior ao limite permitido", situação considerada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária como "indicativo de risco à saúde humana".

De acordo com a Cargill, a campanha, apresentada em 25 de agosto de 2016, abrange 244.464 produtos, fabricados entre 25 de fevereiro e 09 de março de 2016, e colocados no mercado de consumo, com numeração de lote 030903 - para os molhos de tomate Pomarola, válidos até 31 de agosto de 2017 -, e 032502 - para os extratos de tomate Elefante, válidos até 18 de agosto de 2017.

Quanto aos riscos à saúde e à segurança dos consumidores, a Cargill informou ter sido constatada "a existência de fragmentos de pelo de roedor acima do limite máximo de tolerância", situação considerada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) como "indicativo de risco à saúde humana".

Via Notícias ao minuto






Compartilhe nas redes sociais

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS QUE ESTÃO BOMBANDO NO BAIXADA VIVA

Próximo post
« Prev Post
Post anterior
Next Post »