Faxineira diz que coronel Chavarry teria desaparecido com sua filha



O coronel Pedro Chavarry Duarte, preso no último sábado por crime de estupro de vulnerável, também está sendo investigado por cárcere privado para fins libidinosos. Nesta sexta-feira, a delegada Cristiana Bento informou que uma faxineira disse em depoimento que teve uma filha levada pelo coronel. A menina estaria desaparecida até hoje.




Segundo o depoimento, a criança nasceu no Hospital Geral de Bonsucesso, na Zona Norte, e foi entregue para uma mulher que trabalharia em uma financeira, antes de ser repassada para Chavarry. Além disso, ela teria mais dois filhos que chegaram a ficar com o coronel. Uma outra menina teria permanecido um ano na comunidade Uga Uga, em Ramos, e um menino teria sido devolvido após passar alguns dias com o oficial.

A faxineira disse que conseguiu recuperar esta segunda menina recentemente. O menino hoje está com dois anos de idade. Nesta sexta-feira, uma testemunha prestou depoimento na Delegacia da Criança e do Adolescente Vítima (Dcav) e confirmou ter ficado durante um ano tomando conta da filha faxineira na comunidade Uga Uga.

De acordo com a Polícia Civil, o crime de cárcere privado para fins libidinosos pode resultar em cinco anos de prisão.


Via Extra
16/09/2016




Compartilhe nas redes sociais

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS QUE ESTÃO BOMBANDO NO BAIXADA VIVA

Próximo post
« Prev Post
Post anterior
Next Post »