Moradores da Vila Kennedy queimam dois ônibus em protesto pela morte de suposto bandido da comunidade

Passageiros de ônibus registraram incêndio na Avenida Brasil (Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal)

Moradores da comunidade Vila Kennedy, em Bangu, na Zona Oeste do Rio, queimaram dois ônibus no início da noite deste sábado (24). Uma pessoa morreu e duas ficaram feridas durante operação na comunidade, que possui uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP), segundo o comando do 14º Batalhão da PM (Bangu). Ainda segundo o batalhão, os manifestantes queimaram também um caminhão da Ambev. O Batalhão de Choque foi acionado e as duas pistas foram interditadas pela PM.



Segundo a Coordenadoria de Polícia Pacificadora (CPP), policiais fizeram grande apreensão de drogas na localidade conhecida como progresso da favela. Foram apreendidas 687 trouxinhas de maconha e 400 papelotes de cocaína. Após a apreensão, criminosos da localidade Metral atiraram contra policiais da UPP, que revidaram.

O Batalhão de Policiamento de Vias Especiais (BPVE) foi acionado em apoio à UPP Vila Kennedy depois de um ônibus ter sido incendiado na Avenida Brasil, na pista no sentido centro, próximo à comunidade.

Em nota, a Federação das Empresas de Transporte de Passageiros do Estado do Rio de Janeiro (Fetranspor) repudiou o incidente, e afirmou que, com os dois veículos queimados, o Rio totaliza 31 veículos queimados apenas em 2016. Segundo a federação, o custo de reposição da frota ultrapassa R$ 10 milhões.

Via G1
24/09/2016


Compartilhe nas redes sociais

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS QUE ESTÃO BOMBANDO NO BAIXADA VIVA

Próximo post
« Prev Post
Post anterior
Next Post »