Suposto traficante executa homem em Caxias

Identificado como Fábio Fernandes, vítima teria sido morto por criminoso conhecido como ‘Bebezão’. Ele deixou esposa e uma filha
Fotos: Divulgação / Facebook

Um roubo seguido de sequestro terminou com um inocente morto, em Saracuruna, Duque de Caxias. O corpo de Fábio Fernandes foi encontrado na manhã de ontem, dentro do Rio Estrela, no bairro do Cangulo. O principal suspeito da execução, segundo moradores, seria um traficante conhecido como ‘bebêzão’, que seria uma das lideranças da região. 



A família e amigos lamentaram a morte de Fábio através das redes sociais, com indignação e revolta. Ele deixa esposa e uma filha. O crime pode ter sido motivado porque o rapaz teria os contatos telefônicos de policiais em seu celular.




Segundo relatos, Fábio teria sido vítima do traficante, que, após atacar um agente público que morava nas proximidades da Rua Humberto de Campo, no Parque Adelaide, roubou todos os pertences do jovem. Fábio ligou para seu número perdido na tentativa de combinar um local para recuperar o automóvel e, ao chegar lá, foi sequestrado pelo criminoso, que questionou o envolvimento dele com outros policiais militares por causa de sua lista de contatos na agenda telefônica. Fábio seria primo de um sargento da Polícia Militar de Duque de Caxias.


Há informações de amigos de Fábio, que eles entraram em contato com o número e ‘bebezão’ tornou a atender, ameaçando de morte o jovem caso alguém tentasse ir a seu resgate. Na tarde da última terça-feira, o veículo de um amigo do rapaz e o aparelho celular da vítima foram encontrados dentro do mesmo rio, nas proximidades do Campo do Vasquinho. Antes de ser executado, Fábio foi amordaçado e torturado por bandidos. Há relatos de que ele possa ter ido ao local para negociar a entrega do carro do amigo e foi identificado como amigo de policial.

Quem mora na região afirma que o traficante tenta implantar o terror na comunidade. Ele estaria amedrontando os moradores, e desafetos dele. Moradores contam ainda que os traficantes estariam abordando e revistando pedestres, e vasculhando seus telefones à procura de contatos de policiais.

Militares do 15ºBPM (Duque de Caxias) foram acionados para procurar Fábio, mas encontraram o seu corpo no rio na manhã de ontem. Equipes da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) e do batalhão de Caxias fizeram uma operação para ocupar o local conhecido por complexo do Cangulo, atrás de “bebezão”.

“O Cangulo não está ocupado, mas sim com o policiamento reforçado. O Bebezão é um dos alvos do batalhão”, afirmou o comandante do 15ºBPM (Duque de Caxias), Marco Aurélio Santos.

Nas redes sociais, parentes e amigos de Fábio, lamentaram a violência contra o jovem, que era muito querido por todos. “A meu mozão (sic) não vou mais ouvir isso de você, esse sorriso lindo, mas sei que lá no céu onde você vai estar meu querido e amado você vai estar sorrindo nos braços de Deus, como vou sentir saudades desse pai, deste domingo, que Deus te acolha, te dê muita luz. Descansa em paz meu querido sobrinho”, se emocionou uma das tias de Fábio.



Via Extra
22/09/2016



Compartilhe nas redes sociais

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS QUE ESTÃO BOMBANDO NO BAIXADA VIVA

Próximo post
« Prev Post
Post anterior
Next Post »