Light identifica mais de 600 'gatos' em Nova Iguaçu




A Light realizou ontem, mais uma ação contra o furto de energia em Nova Iguaçu. A ação, que fiscalizou estabelecimentos comerciais e residenciais nos bairros Vila de Cava, Posse, Santa Rita, Austin, Miguel Couto e Figueiras, contou com cerca de 500 profissionais e realizou mais de 800 inspeções para combater as fraudes no consumo de energia. Ao todo, 611 irregularidades foram detectadas. O índice de acerto da companhia em identificar e confirmar as fraudes chegou a 75% (de cada 100 clientes, 75 estavam em fraude).





Durante a operação, uma Agência Móvel da Light esteve presente na Praça de Figueira (Estrada Velha de Iguaçu com a Rua Major Sá Freire), prestando diversos serviços aos clientes como, por exemplo, atualização de dados cadastrais, mudança de titularidade, 2ª via de conta, entre outros.



Vale ressaltar que o furto de energia afeta tanto quem faz o “gato” como quem paga suas contas em dia. Ele amplia a probabilidade de interrupções no fornecimento, pois causa sobrecarga no sistema elétrico e pode ocasionar acidentes fatais, além de incêndios e danos à rede da Light. Se não houvesse furto de energia as contas seriam 17% mais baratas.


50% de efetividade até setembro

As ações em conjunto com a Delegacia de Defesa dos Serviços Delegados (DDSD) ou com as polícias locais têm sido uma importante ferramenta para a Light no combate ao furto de energia. De janeiro até setembro de 2016, a concessionária já realizou mais de 80 ações desse tipo, com 40 mil inspeções efetuadas e 20 mil irregularidades constatadas, chegando a 50% de efetividade. Ou seja, a cada 100 clientes, metade consumia energia de forma irregular. A polícia também efetuou 46 prisões e 287 registros de ocorrência no período.


Via Jornal de Hoje
07/10/2016


Compartilhe nas redes sociais

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS QUE ESTÃO BOMBANDO NO BAIXADA VIVA

Próximo post
« Prev Post
Post anterior
Next Post »