Pagodeiro é assassinado em São João de Meriti

Alexandre Martins foi enterrado ontem em Mesquita sob forte comoção de amigos e familiares

Foto: Ivan Teixeira / Reprodução Internet

Foi sepultado ontem à tarde, o corpo do pagodeiro Alexandre Martins, de 42 anos, no cemitério de Mesquita. A vítima foi morta na madrugada de domingo, no bairro de São Matheus, em São João de Meriti. Familiares do músico acusam a auxiliar de limpeza Carmem Valéria da Rocha Trindade, de ter dado uma facada no peito do companheiro durante uma discussão em casa, após o casal ter chagado de um show de um grupo de pagode que Alexandre integrava.



Ele ainda foi levado para o Hospital Geral de Nova Iguaçu (Posse), em Nova Iguaçu, pelo sobrinho de Carmem, mas não resistiu ao ferimento e morreu. O casal estava junto há quatro meses. A vítima deixou quatro filhos do primeiro casamento. Carmem não foi encontrada.


Segundo informações, no último show, em São João de Meriti, antes da suposta briga, o Alexandre dedicou uma música à Carmem, que seria fã dele. Ela ainda teria criado um fã clube do namorado.
Há informações de familiares de que Alexandre ligou para sua ex-mulher dizendo que ia se separar, pois a atual companheira era muito ciumenta.


O delegado Luiz Otávio Franco, da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF), disse que vai ouvir novas testemunhas.
Alexandre tocava no grupo de pagode Samba Certo, que decretou luto oficial em sua página no Facebook.


“A sua ausência nos causa profunda tristeza, mas relembrar as alegrias que você gerou entre nós é como se você aqui estivesse presente.


Adeus xandão que você encontre o reino de Deus vai em paz (Família Samba Certo)”, diz a nota do grupo.


Via Jornal de Hoje
01/11/2016


Compartilhe nas redes sociais

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS QUE ESTÃO BOMBANDO NO BAIXADA VIVA

Próximo post
« Prev Post
Post anterior
Next Post »