Rua onde jovem foi atropelada e morta na Zona Sul do Rio ganha frase de protesto




Uma frase de protesto foi pintada na Rua São Clemente, em Botafogo, na Zona Sul do Rio, no ponto exato onde Julia Rezende, de 19 anos, morreu após ser atropelada por um ônibus, na tarde desta terça-feira. "Passou por cima e não socorreu", diz a mensagem, junto a uma silhueta do corpo da menina que também foi pintada no local. A frase refere-se ao fato de o motorista do coletivo não ter parado para socorrer a vítima. A jovem andava de bicicleta quando, segundo relatos, desequilibrou-se num bueiro e caiu. O coletivo, que seguia logo atrás, passou por cima dela.

O corpo de Julia será enterrado às 16h desta quarta-feira, no Cemitério São João Batista, no mesmo bairro. A morte da jovem causou comoção no morro Dona Marta, onde ela morava. Para demonstrar a consternação com o caso, moradores organizam uma bicicletada às 17h desta quarta.

— Vamos fazer uma corrente de bikes e fechar a São Clemente — diz Tiago Firmino, da associação de moradores do Dona Marta, acrescentando que o morro está de luto: — Nunca vi um clima pior na comunidade. Ontem a mãe dela estava numa festa do Dia das Crianças quando soube da notícia. A festa acabou para todo mundo.

Julia era moradora da comunidade Dona Marta. A mãe dela é agente de saúde comunitária. A jovem havia se formado no Colégio Santo Inácio e, de acordo com parentes, se preparava para prestar vestibular para medicina. O sonho dela era trabalhar como médica na África.


Emocionada, avó se deitou ao lado do corpo da neta Foto: Daniel Marenco

Investigação

A Polícia Civil abriu um inquérito para identificar e localizar o motorista do coletivo. As investigações estão a cargo da 10º DP (Botafogo).

Julia usava uma bicicleta alugada do projeto Bike Rio no momento do acidente, que aconteceu próximo à esquina da Rua Sorocaba. A Rua São Clemente não conta com pista exclusiva para ciclistas. A via possui câmeras de monitoramento da prefeitura, que registraram o atropelamento e poderão ser solicitadas pela polícia para o trabalho da perícia.

Em nota, o consórcio Intersul lamentou a morte da ciclista e afirmou que irá colaborar com as investigações.

“O consórcio informa que vai colaborar com a investigação da polícia para identificar o ônibus que se envolveu neste acidente”.

Silhueta da vítima é pintada na rua Foto: Tiago Firmino/Reprodução do Facebook




Via Extra
12/10/2016




Compartilhe nas redes sociais

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS QUE ESTÃO BOMBANDO NO BAIXADA VIVA

Próximo post
« Prev Post
Post anterior
Next Post »