Bornier manda mensagem à Câmara para reduzir taxa de iluminação pública



O prefeito Nelson Bornier disse nesta quinta-feira (24), que propôs à Câmara de Vereadores a redução de 50% do atual valor da Taxa de Iluminação Pública na cidade de Nova Iguaçu. O tributo chega à conta de luz do usuário com valor de R$ 23,03.

A informação foi dada ao programa “Manhã da Globo”, do radialista Roberto Canazio. Segundo Bornier, a proposta, que deverá ser votada ainda na atual Legislatura para entrar em vigor em 2017, já havia sido defendida também, durante a campanha eleitoral, pelo prefeito eleito Rogério Lisboa.

“Todos os contribuintes, todos os moradores de Nova Iguaçu terão uma redução de 50% na Taxa de Iluminação Pública”, confirmou.

Questionado sobre a contratação de empresa especializada na prestação de serviços técnicos de engenharia para ampliação, reforma e instalação de novas tecnologias no sistema de iluminação pública, ao valor de R$ 172 milhões, o prefeito explicou que o processo está sendo feito com total transparência.

Bornier lembrou ainda que o projeto é uma Parceria Público Provada (PPP) para dotar a cidade de iluminação à base de LED ( light-emitting diode) que, em português significa diodo emissor de luz, bem mais eficiente e barato para os cofres públicos.

“É UMA EXIGÊNCIA DO TRIBUNAL DE CONTAS”


O prefeito disse ainda que o projeto de melhoria da iluminação pública da cidade começou a tramitar há cerca de um ano, com realização de audiência pública e estudos socioeconômicos, mas que só deverá ser colocado em prática no próximo governo.

“Esse processo não iniciou agora, tampouco vai terminar no dia 31 de dezembro. Não vou assinar nada agora, não vou assinar nenhum contrato, não vou realizar nenhuma licitação, estou apenas cumprindo as metas que o próprio Tribunal de Contas do Estado me exige”, deixou claro, frisando que o contrato para a nova iluminação pública deverá ser assinada pelo novo prefeito.

“Ele (Rogério Lisboa) deveria até me agradecer, porque estou antecipando aquilo que é uma proposta de (seu) governo, que é trocar toda a iluminação pública do município”.

Questionado também pelo radialista Canazio sobre o processo de transição, o prefeito Nelson Bornier disse que já assumiu o compromisso de abrir todas as informações do governo ao seu sucessor, a partir do dia 5 de dezembro.

Bornier lembrou por fim que não recebeu o mesmo tratamento quando tomou posse, em janeiro de 2013. Disse que teve de fechar a prefeitura por dez dias para fazer o inventário e tomar conhecimento da real situação do governo deixado por Sheila Gama.


Via PMNI
24/11/2016

Compartilhe nas redes sociais

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS QUE ESTÃO BOMBANDO NO BAIXADA VIVA

Próximo post
« Prev Post
Post anterior
Next Post »