Família de vítima de acidente com ônibus em Nova Iguaçu acusa empresa de ônibus de não prestar assistência





Doze dias depois do grave acidente envolvendo um ônibus da Transportes Blanco em Nova Iguaçu, as cenas de desespero e as marcas dos ferimentos continuam bem vivas na mente e no corpo da dona de casa Maria Aparecida Souza Cunha, de 47 anos, que mora em Itaguaí.

Como se não bastasse a dor física provocada pela tragédia, ela sofre com outro problema: o descaso com o qual a empresa responsável por prestar assistência às vítimas estaria tratando o caso. Revoltada, a família já anunciou que pretende processar a empresa.

O papel de apoiar, que seria da Blanco, está sendo feito por vizinhos, que fazem o que podem para comprar medicamentos (já foram gastos mais de R$ 500), e colocar alimentos na dispensa, que está vazia.

“Estamos desesperados com essa situação de penúria. Se não fossem os vizinhos, não sei o que seria de nós. Depois do acidente, tudo ficou pior”, desabafa o marido de Maria, José Carlos Alves, 46, ajudante de lanterneiro, que está desempregado.

‘Plantado’ na sede da empresa

Ele relatou que a direção da empresa chegou a fazer contato com a família: “Ligaram pedindo que fosse até a sede da empresa, que fica em Queimados. Consegui dinheiro emprestado com os vizinhos e ao chegar lá, me deixaram esperando por quase uma hora. Acabei retornando pra casa, pois tinha deixado minha mulher sob os cuidados de uma vizinha. Eles estão empurrando o problema e nunca resolvem”, disse.

José acrescenta que um funcionário voltou a fazer contato com a família informando que remarcaria o encontro. Só que até o fechamento desta edição, a empresa não havia feito contato.

Enquanto isso, Maria Aparecida sofre de dor sobre uma cama, precisa de fraldas geriátricas e de uma ambulância para transportá-la até o Hospital da Posse para duas consultas médicas.

Quem quiser ajudar a família com doações pode ligar para o telefone (21) 96882- 0486 (whatsapp) ou entregar no seguinte endereço: Rua Jun- quilho, lote 24, quadra 06, Parque Primavera, em Itaguaí.


Via Jornal Hora H
Por Antônio Carlos

Compartilhe nas redes sociais

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS QUE ESTÃO BOMBANDO NO BAIXADA VIVA

Próximo post
« Prev Post
Post anterior
Next Post »