Fechamento de Restaurantes Populares preocupa moradores de Nova Iguaçu

A crise no Governo do Estado do Rio, que ameaça fechar alguns Restaurantes Populares no estado, está preocupando quem mora na Baixada. Em Nova Iguaçu a situação não é diferente.




“Eu almoço aqui todos os dias, assim como eu, várias pessoas gostam muito da comida e do preço de R$ 2, pois não temos dinheiro para pagar um almoço que, em média, custa entre R$ 10 e R$ 30. Com o fechamento do restaurante popular, várias pessoas irão ficar sem sua principal alimentação.”, afirmou Diego de Souza, de 23 anos, morador de Nova Iguaçu.

Já Willian Caetano da Silva, de 15, que faz frete no Supermercado Guanabara afirmou que o fechamento dos restaurantes irá prejudicar a maioria dos trabalhadores e moradores de Nova Iguaçu. “Muitos desses trabalhadores são motoristas e trocadores das empresas que fazem ponto final na rodoviária. Gostaria que o governo do Estado revisse esta situação, pois com a crise financeira, várias famílias estão deixando de fazer refeições em casa e vindo para o restaurante para se alimentar”, lamentou.

A empresa Home Bread Multiserviços anunciou na última terça-feira (31) que vai fechar os três restaurantes populares que estão sob sua administração nesta segunda-feira (7), por tempo indeterminado. As três unidades – Central do Brasil, Méier e Cidade de Deus – servem 7.500 almoços por dia a R$ 2. Segundo a empresa, a dívida total acumulada com o governo do estado desde janeiro é de R$ 18 milhões.

O café da manhã popular a R$ 0,50, que é servido nas estações de trem de Santíssimo, Japeri, Belford Roxo, Campo Grande e Duque de Caxias também será interrompido. Com a suspensão do fornecimento, vão deixar de ser entregues nove mil cafés da manhã diariamente nestas estações.


Via Jornal de Hoje
05/11/2016


Compartilhe nas redes sociais

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS QUE ESTÃO BOMBANDO NO BAIXADA VIVA

Próximo post
« Prev Post
Post anterior
Next Post »