Amigos e familiares de grávida desaparecida fazem passeata




Familiares e amigos da jovem grávida Rayanne Christini, de 22 anos, que desapareceu na Central do Brasil, no Centro do Rio, farão uma passeata na manhã deste domingo, às 10h, em Padre Miguel, na Zona Oeste do Rio. A passeata, que seria realizada no sábado, foi cancelada por causa da forte chuva. A jovem desapareceu na última terça-feira, após marcar, pela internet, um encontro para receber doações de roupas infantis para a filha que está prestes a nascer.

Neste sábado, familiares e amigos foram até a Central do Brasil, Magé e Caxias, na Baixada Fluminense, para distribuir panfletos que possam ajudar na localização da jovem. Rayanne teria ido até a Central do Brasil, onde encontraria a doadora e, juntas, elas iriam até a casa da mulher, em Magé, na Baixada Fluminense para retirar os itens. Um amigo da família conseguiu rastrear o telefone dela até Caxias, onde o aparelho perdeu o sinal. Rayanne é mãe de uma menina de três anos e mora com a mãe e dois irmãos. Grávida de oito meses, ela conheceu a doadora, identificada por amigos até o momento como Lídia, em um dos grupos no Facebook.


Rayanne foi buscar doações de roupa para a filha e não retornou para casa Foto: Reprodução/Facebook



Rayanne, que está grávida de oito meses, mora com a mãe, a filha de 3 anos e dois irmãos, em Padre Miguel, na Zona Oeste do Rio. Segundo amigos e parentes, ela estava em grupos no Facebook de doações de roupas e avisou que iria encontrar a mulher na Central do Brasil e iria até Magé, na casa da doadora, na Baixada Fluminense, para pegar as doações.

Amiga de Rayanne há mais de 10 anos, Ana Carolina Mattos, de 24 anos, conversou com a jovem horas antes do desaparecimento. De acordo com ela, Rayanne não desconfiou que algo pudesse dar errado.

- Achei muito estranho quando ela me contou. Ela disse que a mulher era da igreja e que o bebê dela tinha nascido muito grande e, por isso, tinha muitas roupas novas para doar. Eu falei que achava esquisito e que ela não deveria ir. Mas ela disse que não teria nada, nem fralda, caso a filha nascesse logo. Além disso, também falou que já tinha ido em favela em Guadalupe e não estava com medo de ir à Central. Passei o dia preocupada. Quando soube que ela não tinha voltado para casa, me desesperei. Mandei mensagens, mas ela não retornou nenhuma - disse a amiga.

Segundo a tia da jovem, Jupira Costa, a filha de Rayanne não está se alimentando direito e teve febre.

- Apesar de nova, ela é muito responsável com a filha. A menina pergunta toda hora pela mãe. Ela achou que a Rayanne tinha ido para o hospital ter a irmãzinha dela. Já teve até febre. Minha irmã está desesperada. Toda hora vai para rua na esperança de encontrar a Rayanne - disse.

Neste sábado, algumas pessoas entraram em contato com a família com informações sobre o suposto paradeiro da jovem. Segundo familiares, Rayanne saiu de casa com um vestido estampado. A Polícia Civil divulgou um cartaz com informações sobre a grávida para ajudar na localização.


Rayanne está desaparecida desde terça-feira Foto: Divulgação


Via Extra
18/12/2016

Compartilhe nas redes sociais

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS QUE ESTÃO BOMBANDO NO BAIXADA VIVA

Próximo post
« Prev Post
Post anterior
Next Post »