Homem é eletrocutado em Austin

Luis César Ximenes de Matos, de 39 anos, morreu após sofrer uma descarga elétrica no Centro de Austin. 

A história de vida de Luis César Ximenes de Matos, de 39 anos, terminou de forma trágica na manhã de ontem. Ele morreu após sofrer uma descarga elétrica na Rua Coronel Monteiro de Barros, no Centro de Austin, em Nova Iguaçu. Segundo informações, ele estaria fazendo uma ligação elétrica para um vizinho quando desligou um suposto ‘gato’ de uma loja e o dono pediu para que ele religasse. Ao tentar religar, foi atingido pela descarga e caiu da escada de uma altura de aproximadamente dez metros. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu na hora. O caso está sendo investigado por agentes da 58ªDP (Posse).



O corpo do eletricista ficou no local das 11h às 16h esperando pela perícia para ser removido pelos bombeiros e levado para o Instituto Médico Legal de Nova Iguaçu, o que gerou revolta de familiares do rapaz. Parentes de Luis César não quiseram comentar sobre a tragédia.

No dia 9 de março deste ano, um homem identificado como Wagner Tomé Rodrigues, de 51 anos, também morreu de forma trágica. Após mais de uma hora pendurado em um poste em frente à 17ª DP (São Cristóvão), o mineiro, natural de Perdizes, perdeu a vida, eletrocutado. Segundo a polícia, o homem chegou à delegacia às 8h47 para fazer um registro de ocorrência contra os traficantes do PCC. Depois, ele retornou ao local por volta das 13h e subiu no poste.


De acordo com o Corpo de Bombeiros, que fez o atendimento de primeiros socorros no próprio lugar, Wagner ainda estava com vida depois que caiu. Morador do Vidigal, na Zona Sul do Rio, Wagner, que informou ser motorista particular, foi à delegacia para dizer que estava sendo perseguido há um mês por policiais e traficantes de uma facção de São Paulo.

Wagner fez o registro na 17ª DP pela manhã e retornou ao local por volta das 13h, quando escalou o poste que sustenta a rede elétrica e um transformador. Chamados pelos policiais, os bombeiros tentaram convencê-lo a descer, mas foi em vão. 


Os agentes informaram que chamaram a Light, que custou a chegar e não cortou a energia a tempo. Às 15h20, Wagner encostou a cabeça em um equipamento, levou um choque de 13 mil volts e caiu de cabeça, de uma altura de dez metros do chão, vindo a falecer poucos minutos depois.

Fonte: Jornal de Hoje
Fotos: WhatsApp Baixada viva Notícias


Compartilhe nas redes sociais

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS QUE ESTÃO BOMBANDO NO BAIXADA VIVA

Próximo post
« Prev Post
Post anterior
Next Post »