Operações da PM encontram 17 quilos de cocaína, fuzil e submetralhadora



A quinta-feira foi de operações simultâneas da Polícia Militar em favelas de São Gonçalo e de Itaboraí, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. As ações terminaram com saldo de sete presos, entre eles o chefe do tráfico do Morro do Feijão, 17 quilos de cocaína, um fuzil, uma submetralhadora e granada apreendidos, entre outras armas e drogas.

Militares do Bope e apreenderam um fuzil fal 7,62, cerca de 17 quilos de cocaína e mais um da pasta base da droga, além de quatro quilos de maconha durante uma operação no Complexo do Salgueiro, em São Gonçalo. A ação começou pela manhã e teve um suspeito de tráfico baleado e preso. Também foram encontradas munição e pedras de crack. O registro foi feito na 72ª DP (Mutuá).




Presos, armas e drogas no Anaia
Presos, armas e drogas no Anaia Foto: Divulgação

Homens do batalhão da cidade, 7º BPM, fizeram operações de combate ao tráfico no Complexo do Anaia e no Jardim Catarina. Neste último bairro, três pessoas foram presas e três rádios de comunicação foram apreendidos na localidade conhecida como Pica Pau. De acordo com os policiais que fizeram as prisões, pelo menos um deles estava fugindo da repressão no Salgueiro e tentava abrigo no Catarina.


No Anaia, os militares do 7º BPM, em ação conjunta com o 35º BPM (Itaboraí) fizeram seis prisões. Um dos detidos seria o traficante Biel, que gerencia os pontos de venda de drogas no Morro do Feijão, no Patronato. Dois menores foram apreendidos. Com o grupo havia uma carabina calibre 12, uma pistola 9mm, um revólver 38 e uma metralhadora. Também foi encontrada uma granada. Quatro carros roubados foram recuperados e 30 motocicletas apreendidas.


Armas, drogas e material para endolação em Itaboraí
Armas, drogas e material para endolação em Itaboraí Foto: Divulgação

Já o batalhão de Itaboraí fez operação em Itambi, na região de Visconde de Itaboraí. Ninguém foi preso, mas foram apreendidas 250 cápsulas de cocaína, seis potes com pó branco, uma balança de precisão e material para endolação. O caso foi registrado na 71ª DP (Itaboraí).

Via Extra
01/12/2016

Compartilhe nas redes sociais

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS QUE ESTÃO BOMBANDO NO BAIXADA VIVA

Próximo post
« Prev Post
Post anterior
Next Post »