Suspeita de sequestro de grávida desmarcou encontro com outra gestante: ´Foi um grande livramento´

Adolescente grávida quase foi vítima de suspeita de sequestro Foto: Roberto Moreyra / Agência O Globo



Thainá da Silva Pinto, de 21 anos, suspeita de sequestrar a grávida Rayanne Christini, de 22, usou uma história diferente da contada para a família para aliciar a jovem e outras mães nas redes sociais. O EXTRA encontrou uma grávida que, por pouco, não se tornou uma vítima da suspeita. Segundo a jovem X., de 17 anos, Thainá anunciou roupinhas em um grupo de Facebook e disse que estava fazendo as doações porque os itens não cabiam mais em sua filha, que havia nascido de sete meses.


Para a família, a suspeita ainda dizia que estava grávida e que a bebê se chamaria Laura. X., assim como Rayanne, está na reta final da gravidez de uma menina.

- Ela me mandou fotos das roupinhas, disse que não cabiam mais na filha. Ela também falou que tinha um berço e um carrinho e que eu precisava pegar o mais rápido possível.

Thainá entrou em contato com X. no dia 10 de dezembro. O encontro entre elas foi marcado para o dia 13 de dezembro, mesma data em que Rayanne desapareceu. O encontro, porém, não chegou a acontecer.

- Eu falei para ela que ia buscar tudo com meu marido, de carro. Ela mandou eu encontrar ela em frente à garagem de ônibus da Auto Viação Reginas. Ela disse que também tinha um berço e carrinho. Ela tentou me convencer a ir de ônibus até a casa dela, em Magé. Eu disse que ia com ele porque era mais fácil. Como ela demorou a responder, ele disse que ia trabalhar e não poderia mais ir. Tentei marcar outro dia. Depois disso, ela me bloqueou e não atendeu mais minhas ligações.

Thainá é suspeita de sequestrar uma grávida e fez contato com outra gestante Foto: Reprodução/Facebook


Ao saber sobre o envolvimento de Thainá no desaparecimento de Rayanne, X. se desesperou.

- Quando vi a foto dela nos jornais, só imaginei que poderia ter sido comigo. Foi um grande livramento. Quase briguei com meu marido quando ele disse que não poderia ir e aconteceu isso. Quero que ela fique presa - disse a jovem.

Marido de adolescente enviou mensagem para jovem quando soube que Thainá é suspeita de sequestro Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal

Thainá foi presa nesta segunda-feira, após prestar depoimento na Cidade da Polícia, no Jacaré, na Zona Norte do Rio. Familiares dela a reconheceram nas imagens de segurança da Central do Brasil, onde as duas se encontraram. As imagens mostram o momento em que Thaina deixou o local na companhia de Rayanne.


Segundo familiares de Rayanne, a suspeita teria feito contato com a jovem pelo Facebook e dito que faria doação de roupinhas para a bebê de Rayanne. Elas marcaram um encontro no dia 13 de dezembro, na Central do Brasil, no Centro do Rio. De lá, seguiriam para a casa de Thaina, na divisa entre Guapimirim e Magé, na Baixada Fluminense, para buscarem as roupas. Rayanne, porém, não retornou para casa. A Polícia Civil segue fazendo buscas pela jovem.


Via Extra
26/12/2016


Compartilhe nas redes sociais

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS QUE ESTÃO BOMBANDO NO BAIXADA VIVA

Próximo post
« Prev Post
Post anterior
Next Post »