Bandidos confundem bíblia com arma e atiram em pastor durante assalto em Nova Iguaçu

O pastor Marcos Paulo Morais, de 43 anos, levou três tiros Foto: Reprodução/Facebook

Um pastor foi baleado na manhã desta quarta-feira, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense. Marcos Paulo Morais, de 43 anos, chegava para uma cerimônia religiosa na igreja em que atua, a Comunidade Projeto Resgatar Vidas, quando, na entrada do prédio, acabou atingido por três tiros. Segundo Elisângela Ávila Coquito Morais, de 37 anos, esposa de Marcos, ele foi alvo de uma tentativa de assalto.

Após o ataque, era possível contar pelo menos oito marcas de disparo no carro ocupado pelo pastor, um Fiat Idea preto comprado há apenas uma semana. Ainda de acordo com Elisângela, no momento em que escutou o primeiro tiro, Marcos havia acabado de abaixar em direção ao veículo para pegar a bíblia que havia esquecido dentro do automóvel.

— Ele conta que, quando estacionou, deu passagem para um carro branco que parou bem perto. Ao sair, viu uma pessoa, mas não percebeu nada de diferente. Aí ele ouviu o som de disparo e achou que fosse uma bombinha, mas colocou a mão na cabeça e sentiu o sangue. Foi quando ele se jogou no chão — relata a esposa do pastor, continuando:

— Acreditamos que ele não ouviu anunciarem o assalto, e aí, quando foi pegar a bíblia, o bandido achou que ele fosse sacar uma arma.

Além do ferimento de raspão na cabeça, Marcos foi alvejado nas costas e na perna. Inicialmente, ele foi encaminhado ao Hospital Geral de Nova Iguaçu, o Hospital da Posse. Depois, conforme o relato da família, o pastor foi transferido para o Hospital estadual Azevedo Lima, em Niterói, onde está passando nesse momento por uma cirurgia.

O crime aconteceu na Rua Emília Matias, no bairro Vila Nova, onde fica a Comunidade Projeto Resgatar Vidas — Marcos é pastor auxiliar na igreja há cinco anos, segundo a esposa. Ele também é bacharel em Direito e trabalha em um escritório de contabilidade.

— Meu marido não tem inimigos. Ele só viu uma pessoa, mas não sabemos se havia outros assaltantes. Estamos muito assustados, mesmo nada tendo sido levado — diz Elisângela.

O 20º BPM (Mesquita) seguiu para o local logo após a ocorrência. De acordo com o tenente-coronel Marcelo Moreira Malheiros, comandante do batalhão, os disparos contra o pastor foram efetuados a partir de uma arma de calibre curto, como uma pistola. O caso foi registrado como tentativa de homicídio na 52ª DP (Nova Iguaçu).




Via Extra
25/01/2017


Compartilhe nas redes sociais

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS QUE ESTÃO BOMBANDO NO BAIXADA VIVA

Próximo post
« Prev Post
Post anterior
Next Post »