Menina de 11 anos é levada por homem de moto na Zona Norte do Rio

Tiphany desapareceu na comunidade do Amarelinho Foto: Álbum de família

Uma menina de 11 anos está desaparecida desde a tarde deste domingo, no Rio. Thifany Nascimento de Almeida brincava com uma coleguinha numa praça na comunidade do Amarelinho, em Irajá, na Zona Norte da capital, quando um homem se aproximou e convenceu a garota a acompanhá-lo. Parentes fazem uma mobilização nas redes sociais em busca de notícias da menina. O caso está sendo investigado pela Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA).


Segundo a manicure Claudinéia da Silva Vasconcelos, de 41 anos, tia da garota, o pai de Thifany, Jorge Almeida, trabalha numa barraca de comida na praça e a filha brincava perto dele. Por volta do meio-dia, ele foi até sua casa e, quando voltou, minutos depois, não encontrou mais a garota.

- A coleguinha dela (de 8 anos) contou que chegou um homem numa moto, parou perto da Thifany e falou: "Vamos ali comigo para pegar o cachorro que seu pai pediu. Vamos fazer uma surpresa para ele". E minha sobrinha acreditou. A coleguinha ainda tentou ir com eles, mas o homem não deixou - contou Claudinéia.
Tiphany foi levada por um homem de moto
Tiphany foi levada por um homem de moto Foto: Álbum de família


Ainda de acordo com a manicure, o motoqueiro seguiu com Thifany para dentro do Amarelinho. Ele foi descrito pela amiguinha da garota como um homem branco e forte, que usava boné branco e tinha dois machucados num dos joelhos. A moto que pilotava era amarela e preta.

- Os pais da Thifany estão arrasados, não conseguem nem falar. E a gente é só desespero. Minha sobrinha, apesar dos 11 anos, é muito inocente, muito infantil, não conhece nada desse mundo. Quem a viu, por favor, entre em contato com a polícia - disse Claudinéia.

Ela e outros parentes de menina estão fazendo buscas pelo Amarelinho e locais próximos, e colando cartazes em postes. Quem tiver informações sobre Thifany ou sobre o homem que a levou pode fazer contato com o Disque-Denúncia (21 2253-1177) ou a DDPA (21 2202-0338 e 21 2582-7129).

Via Extra
16/01/2017

Compartilhe nas redes sociais

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS QUE ESTÃO BOMBANDO NO BAIXADA VIVA

Próximo post
« Prev Post
Post anterior
Next Post »