Moradores de Caxias fazem justiça com as próprias mãos

A mãe de um dos suspeitos deita sobre o corpo do filho e outro acusado é capturado por moradores de Duque de Caxias

Os moradores do bairro Pioneira, em Duque de Caxias levaram a sério o lema “fazer justiça com as próprias mãos’, quando na manhã de ontem, capturaram, espancaram e assassinaram a tiros um suspeito de realizar assaltos na região. Outro homem também foi agredido. A vítima fatal ainda chegou a ter as mãos e os pés amarrados e chegou a ser arrastado pelos ‘justiceiros’. O outro rapaz acusado de roubar no bairro foi preso. Ele também foi espancado, mas não morreu. A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) investiga o caso.



Patrick Soares, de 25 anos, foi pego por moradores e amarrado depois de supostamente realizar assaltos no bairro. Enquanto estava amarrado, pouco antes das 7h, um homem a bordo de um carro Palio branco se aproximou e disparou três tiros contra Patrick. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu no local.

Moradores que não quiseram se identificar relataram que por volta das 6h30 houve uma gritaria da na rua: ‘pega ladrão’. Ainda segundo eles, os supostos criminosos seriam primos e já eram conhecidos por fazerem assaltos na região. A mãe do suposto assaltante que sobreviveu esteve no local e, aos prantos, pediu para o filho sair do crime. 


Segundo informe da PM, ele era menor e foi levado para a DHBF. Uma mulher que seria a mãe do bandido morto chegou ao local, e num ato de desespero, teria se jogado sobre o corpo do filho.



O menor chegou a ser arrastado por 50 metros na rua, por moradores do bairro, depois que o seu suposto comparsa foi executado. Tanto ele quanto Patrick seriam moradores da Vila Sapê, em Imbariê.


Via Jornal de hoje
01/02/2017


Compartilhe nas redes sociais

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS QUE ESTÃO BOMBANDO NO BAIXADA VIVA

Próximo post
« Prev Post
Post anterior
Next Post »