Nova Iguaçu estreia com vitória na Copa São Paulo: 2 a 0 sobre a Chape



Depois de 20 anos, ontem o Nova Iguaçu voltou à Copa São Paulo de Juniores e começou vencendo na competição mais famosa da categoria. O placar foi de 2 a 0 em cima da Chapecoense, no Estádio Municipal Ernesto Rocco, em Porto Feliz, no interior de São Paulo. Nathan duas vezes construiu a vitória laranja na etapa complementar após o primeiro tempo sem gols.



Depois de 36 dias do fatídico acidente com sua equipe profissional na Colômbia, a Chapecoense voltou a ser notícia dentro das quatro linhas do futebol. O time sub-20 do clube catarinense, porém, não foi páreo para o Nova Iguaçu e acabou derrotado.
Antes da partida os clubes homenagearam as 71 vítimas – entre elas 19 jogadores – da tragédia do dia 29 de novembro, nos arredores de Medellín, às vésperas do confronto entre Chapecoense e Atlético Nacional pelas semifinais da Copa Sul-Americana. Catarinenses e iguaçuanos entraram com faixas estampando as seguintes mensagens: “Somos mais que 11, somos todos Chapecoense” e “Somos o recomeço #Força Chape”, seguidas por uma salva de palmas que durou um minuto.

Apesar de contar com o majoritário apoio da torcida que compareceu no acanhado Estádio Ernesto Rocco, a Chapecoense não conseguiu transformar em gols as boas oportunidades que teve no primeiro tempo. Mais inteiro fisicamente na segunda etapa, o Nova Iguaçu se aproveitou do aparente cansaço dos catarinenses para pressionar e abrir o placar com o atacante Nathan, que também deu números finais à partida com mais um tento.
Esta é a terceira participação da Chapecoense na Copinha, na qual busca a inédita classificação à fase de mata-mata. O Verdão do Oeste volta a campo nesta quinta-feira, às 16 horas, no mesmo local, para enfrentar o Sampaio Corrêa (MA).


O confronto acontecerá logo depois da partida entre Nova Iguaçu e o anfitrião Desportivo Brasil, que divide a liderança da chave com os fluminenses, com três pontos, graças à vitória por 1 a 0 sobre o time do Maranhão, também na tarde de ontem. Os dois melhores times do grupo avançam à segunda fase do torneio.

>> O jogo – O forte calor que atingiu a pequena Porto Feliz refletiu no ritmo da partida, que começou devagar. Os sulistas preferiram apostar nos contra-ataques para surpreender o Nova Iguaçu. A estratégia mostrou-se eficiente. Em menos de 15 minutos, o time catarinense chegou perigosamente com Japa e Luquinhas, mas ambos perderam boas chances na frente do gol defendido por Matheus Miranda.

A equipe Laranja respondeu aos 21, quando Ramon arrancou pelo meio e arriscou de fora da área, assustando o arqueiro Tiepo. Quatro minutos depois, Menezes escapou pela esquerda e cruzou para o meio da área. Wellington, livre de marcação, bateu de primeira, por cima da meta da Chapecoense.


Após uma parada técnica para hidratação dos atletas, o jogo reiniciou de modo ainda mais lento. O Verdão continuou com a postura defensiva, à espera do erro adversário. Enquanto o Nova Iguaçu ocupou o campo defensivo da Chape, mas sem ameaçar. Com muitos erros de passes, ambas as equipes não tiveram êxito em suas estratégias na primeira etapa.

Laranja foi melhor e decidiu na etapa complementar

O segundo tempo começou com o Nova Iguaçu pressionando ainda mais. Logo aos dois minutos, Wellington disparou com liberdade pela direita e cruzou rasteiro para Nathan. Sem marcação, o atacante escorregou e finalizou para fora. O mesmo jogador voltaria a ter grande chance de inaugurar o placar seis minutos depois, quando girou sobre o zagueiro na frente da área e soltou a bomba para ótima defesa de Tiepo.


Percebendo a dificuldade de seus comandados, o técnico Emerson Cris promoveu três alterações de uma vez só. Mas de nada adiantou. Isso porque, aos 15, Nathan recebeu bom passe de Ramon, girou e bateu sem chances para Tiepo, marcando o primeiro do Laranjão.

Aos gritos de “Vamos, vamos, Chape!”, os catarinenses acordaram com o gol sofrido e partiram para cima em busca do empate. Entretanto, voltaram a desperdiçar oportunidades de gol. Como quem não faz, leva, o Nova Iguaçu ampliou a vantagem após contra-ataque ligado pelo goleiro Matheus, culminando em mais um tento de Nathan, que deu números finais à partida.

Outros resultados de ontem pela primeira rodada da Copinha

Grupo 01: Votuporanguense 1 x 1 Auto Esporte-PB e Grêmio 0 x 0 Brasília. Grupo 02: Tanabi 0 x 1 Mirassol e Náutico 1 x 1 Vila Nova-GO; Grupo 08: Comercial 1 x 0 Rio Claro e Sport 2 x 3 Batatais. Grupo 11: Paulista 1 x 0 RB Brasil e Joinville 5 x 0 Vitória da Conquista. Grupo 12: Atibaia 0 x 0 ABC e Vitória 1 x 0 Atlético-GO. Grupo 14: Desportivo Brasil 1 x 0 Sampaio Corrêa. Grupo 15: Primavera 4 x 2 União Rondonópolis. Grupo 16: Ituano 2 x 0 Guarani e Santa Cruz 2 x 0 XV de Piracicaba.

Via Jornal de Hoje
03/01/2016

Compartilhe nas redes sociais

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS QUE ESTÃO BOMBANDO NO BAIXADA VIVA

Próximo post
« Prev Post
Post anterior
Next Post »