Suspeito de matar menina no Rio tenta fugir de delegacia e é baleado e diz: ´me mata, me mata´




Suspeito de ser responsável pelo sequestro e morte da menina Thifany Nascimento de Almeida, de 11 anos, Sandro Luiz Alves Portilho, de 42, tentou fugir da Delegacia de Descoberta de Paradeiros (DDPA), na noite desta terça-feira, e acabou baleado. Ao saber que o corpo da criança havia sido encontrado em um lixão da Favela de Acari, na Zona Norte do Rio, ele tentou pegar a arma de uma policial e saiu correndo da delegacia, depois de depredar parte do local.


Vidro quebrado na Cidade da Polícia Foto: Reprodução


Durante a perseguição, em que Sandro chegou a estilhaçar uma vidraça da Cidade da Polícia ao atravessá-la, uma policial disparou dez tiros. O suspeito foi atingido três vezes: na perna, nas costas e na virilha. Ainda não há informações sobre o estado de saúde do homem, que foi socorrido por bombeiros e levado para um hospital da região. Antes, caído no chão, ele repetia: "Me mata, me mata".

Sandro chegou a apresentar um sobrenome falso aos policiais, que foi inclusive divulgado pela assessoria de imprensa da corporação na manhã desta terça-feira. A informação só foi corrigida às 21h20m, após procedimento feito pela DDPA para verificar a identidade dele descobrir que o sobrenome era falso.

Ele estava foragido desde 2012, após ser condenado por um homicídio em Minas Gerais.


Caído no chão, Sandro repetia: 'Me mata, me mata' Foto: Reprodução


Thifany foi sequestrada no domingo, quando brincava em uma praça do Conujunto Amarelinho, em Irajá, também na Zona Norte. Sandro confessou ter participado do sequestro, mas negou inicialmente ser o autor do assassinato. Ele teve a prisão temporária decretada pelo Tribunal de Justiça do Rio.


Thifany foi encontrada morta em um lixão da favela de Acari, na Zona Norte do Rio Foto: Reprodução


Sandro foi detido por moradores de Acari, na noite de segunda-feira. Após de ser espancado, ele foi entregue aos policiais do 41ºBPM (Irajá), que o socorreram e o levaram para DDPA.


Via Extra
17/01/2017


Compartilhe nas redes sociais

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS QUE ESTÃO BOMBANDO NO BAIXADA VIVA

Próximo post
« Prev Post
Post anterior
Next Post »

1 comentários:

Write comentários