Taxista relata tensão em tiroteio na Linha Vermelha: ´Cinco minutos jogado embaixo de carro´



Uma tentativa de roubo a uma van que transportava cigarros terminou em tiroteio, na manhã desta quarta-feira, na Linha Vermelha, altura do bairro do Caju, na Zona Norte do Rio. Cerca de 15 bandidos armados que estavam em pelo menos três veículos fecharam uma das pistas da via expressa, no sentido Rio, e renderam os seguranças. Os criminosos, porém, não conseguiram arrombar o baú - ele usavam pés de cabra. Na ocasião, houve troca de tiros entre os bandidos e a escolta da van. Motoristas que passavam pelo local ficaram sob fogo cruzado.

Segundo relatos de testemunhas, os vigilantes foram rendidos e agredidos pelos bandidos quando estavam deitados no chão, levando chutes e pontapés. Eles tiveram as armas - três pistolas e uma espingarda - e os coletes à prova de balas levados. Dois seguranças foram levados reféns pelo bando, mas encontrados minutos depois. A ação criminosa aconteceu em frente a um táxi. O motorista, de 59 anos, disse que teve que ficar cerca de cinco minutos escondido embaixo de um carro para se proteger dos disparos.

- Eles (os bandidos) fecharam a pista da direita e as pessoas tentaram sair pela pista da esquerda. Nessa confusão, houve uma batida e um motociclista acabou caindo. Fui correr para socorrê-lo e aí começaram os tiros. Foram cinco minutos jogado embaixo de um carro. Uma situação que não tem como descrever - contou o taxista.

Segundo ele, cerca de quatro bandidos fugiram em seu táxi:

- Os demais fugiram em outros carros. Eram muitos, uns 15, encapuzados. Não faço ideia de quantos.

O taxista contou que tem 35 anos de profissão e que, atualmente, recebe muitos pedidos da mulher e da filha para deixar as ruas.

- Acho que agora não vai ter mais jeito. Vou ter que parar. Não dá para sair de casa e, ao chegar, encontrar a sua mulher desesperada, com o terço na mão, rezando.

O motorista registrou o roubo do carro na 17ª DP (São Cristóvão). Além do veículo, foram levados sua carteira com todos os documentos e também o telefone celular.

Em nota, a assessoria de imprensa da PM informou que foram feitas buscas na região à procura dos bandidos:

"De acordo com informações do Batalhão de Policiamento em Vias Expressas (BPVE) e do 4º BPM (São Cristóvão), houve uma tentativa de roubo de carga na saída da Linha Vermelha, altura de São Cristóvão. O veículo que transportava carga e a equipe de escolta foram abordados por homens armados. Eles tentaram arrombar os baús do utilitário, mas não conseguiram. Na ação, os ladrões agrediram os seguranças da escolta e roubaram o armamento deles (três pistolas, uma espingarda e os coletes) e fugiram a bordo de um táxi roubado por eles no local. Os policiais fazem buscas na região mas, até o momento, não há registro de prisões. O caso foi conduzido para a 17ªDP".

Repercussão na web

Em redes sociais, motoristas comentaram o tiroteio na Linha Vermelha:

"Passado o susto, informo que estivemos próximo a um tiroteio brabo na Linha Vermelha. A 20 metros do nosso carro bandidos assaltaram uma van de cigarros depois de trocar tiros com a escolta armada. Foi barra. Pessoas se jogando no chão, se escondendo atrás do carros, gritando...".

"Acaba de acontecer uma troca de tiros na Linha Vermelha, homens armados, altura Rua Bela, evitem passar por ali, tudo parado!!!".

"Aos que estão passando ou vão passar pela Linha Vermelha ou Avenida Brasil, cuidado! O tiro começou cedo".



Via Extra
18/01/2017


Compartilhe nas redes sociais

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS QUE ESTÃO BOMBANDO NO BAIXADA VIVA

Próximo post
« Prev Post
Post anterior
Next Post »