Dívidas podem suspender gratuidades em Nova Iguaçu



Estudantes da rede municipal, aposentados e portadores de necessidades especiais beneficiados com gratuidade no transporte público de Nova Iguaçu podem ficar a pé. A partir de fevereiro, a isenção poderá ser suspensa devido à dívida deixada pela gestão anterior do município com a Transônibus, entidade que reúne empresas de ônibus. O sindicato não relevou o número de pessoas que podem ser afetadas com a suspensão.

José Francisco Marcolino, de 83 anos, é um deles. “É um absurdo se isso for realmente verdade. Pago meus impostos em dia e agora na minha velhice ter que passar por essa situação e pagar por um erro que não é nosso”, comentou o aposentado. “Vai ser lamentável termos que passar por isso. É uma falta de respeito”, completou Antonio Augusto de Souza, de 87.

A informação do não pagamento da dívida já foi confirmada pela prefeitura em canais oficiais, mas ainda não chegou às empresas “Até o momento não recebemos nenhuma informação. Se realmente confirmar, infelizmente, vamos ter que começar a impedir os passageiros de gratuidade entrar na condução, porque recebemos ordem da empresa”, disse o fiscal de ônibus Carlos Oliveira.

Em nota, a Transônibus negou a possibilidade de interrupção das gratuidades: “dentro do nosso conhecimento, deverá ser mantida pela atual Gestão Pública”. Procurada, a prefeitura não respondeu os questionamentos da reportagem.



Via Conecta Baixada
05/02/2017


Compartilhe nas redes sociais

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS QUE ESTÃO BOMBANDO NO BAIXADA VIVA

Próximo post
« Prev Post
Post anterior
Next Post »