´Homem forte´ de Nova Iguaçu tropeça no poder




Secretário ligado a Garotinho pega o boné e vai embora

Quando retornarem do passeio para o qual embarcaram com dinheiro do povo, os dez vereadores do grupo de sustentação do prefeito Rogério Lisboa (PR) na Câmara de Nova Iguaçu vão ter que passar a se entenderem com o vice-prefeito Carlos Ferreira, que teria sido atropelado na função de articulador junto ao Legislativo, pelo secretário de Governo Cleiton de Souza Rodrigues, que desembarcou, “a pedido”, do barco do poder. De acordo com uma fonte ligada ao gabinete do prefeito, Cleiton parecia meio assustado nos últimos dias, estaria sem clima no ambiente de trabalho desde que a matéria “'Homem forte' de N. Iguaçu pego em grampo com Garotinho” foi veiculada - o que aconteceu no dia 19 de janeiro - e acabou saindo. Embora até o carro locado pela Prefeitura que estava à disposição do secretário já tenha devolvido à empresa Bancar, ninguém do primeiro escalão da administração municipal quis comentar o assunto nesta quinta-feira. Ainda segundo a fonte, os supostos superpoderes dado a Cleiton pelo prefeito teriam criado constrangimentos para os demais secretários e até mesmo para Lisboa, que estaria se sentindo mais aliviado agora.

Conforme o elizeupires.com já noticiou, o vazamento de uma escuta telefônica feita por ordem da Justiça em uma linha usada pelo ex-governador e ex-secretário de Governo de Campos, Anthony Garotinho, na qual um homem identificado como Cleiton de Souza Rodrigues conversa sobre aquisição de material escolar, um livro comprado pela Prefeitura de Campos, mas que é distribuído de graça aos municípios pelo governo federal. No “grampo” Garotinho respondia a uma pergunta de Cleiton sobre o material didático usado da rede municipal de ensino de Campos, um livro adotado na gestão da ex-prefeita Rosinha Matheus - mulher do ex-governador - que teria sido vendido por uma pessoa identificada na conversa apenas como Dalcir. No diálogo Garotinho afirma que o material "é bom, mas causa uma polêmica danada, porque o município acaba pagando por um livro que o governo oferece de graça". Cleiton, na conversa gravada, afirma que pegaria o material e levaria a Rogério.

A conversa telefônica foi registrada no período em que o ex-governador estava sendo investigado em inquérito sobre crime eleitoral, o mesmo que processo que levou Garotinho à prisão e resultou na cassação dos mandatos de cinco vereadores eleitos em Campos nas eleições do ano passado - e vazou com a seguinte transcrição:

Cleiton de Souza Rodrigues - Alô! Ôpa! Deixa eu te perguntar rápido: o produto do Dalcir é bom? Vale a pena?

Garotinho - Olha… bom… Subiu o nosso Ideb aqui…

Cleiton - É?

Garotinho - É… Mas deu muita polêmica…

Cleiton - É?

Garotinho - Porque você paga pelo livro que o governo federal oferece, né… de graça!

Cleiton - Entendi. Enfim, eu vou conversar com ele, aí eu levo pro Rogério e te depois te digo.

Garotinho - Então tá bom.

Cleiton - Tá? Valeu. Um abraço.

Quase um mês depois da divulgação desta governa, o prefeito ainda não se pronunciou sobre o assunto e não se sabe se o tal material didático chegou a ser apresentado a Rogério Lisboa.

Matéria relacionada:

'Homem forte' de N. Iguaçu pego em grampo com Garotinho


Fonte: elizeupires.com
Foto: Reprodução /PMNI
16/02/2017


Compartilhe nas redes sociais

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS QUE ESTÃO BOMBANDO NO BAIXADA VIVA

Próximo post
« Prev Post
Post anterior
Next Post »