Nova Iguaçu, Nilópolis e Mesquita mais violentas



O ano de 2016 foi um dos mais perigosos para os moradores de Nova Iguaçu, Mesquita e Nilópolis, áreas patrulhadas pelo 20º BPM (Mesquita).

Dados divulgados pelo Instituto de Segurança Pública (ISP) revelaram que os roubos a transeuntes, coletivos e de aparelhos celulares, tipificados como Roubos de Rua, representaram 38,93% do total de roubos da Baixada Fluminense no ano passado.



Dos 35.524 casos computados pelo ISP nos treze municípios, 13.832 aconteceram na Área Integrada de Segurança Pública (AISP) do 20º BPM. Entretanto, este tipo de roubo teve aumento de 74,47% na Baixada em relação a 2015, com 15.164 registros mais.

Os roubos de veículos também saltaram de 6.317 registros, computados em 2015, para 13.923 casos no ano passado. Um percentual de aumento de 46,71%. A área patrulhada pelo 20º BPM também lidera o ranking deste tipo de roubo. Só no ano passado, a região teve 4522 automóveis roubados, quase metade dos roubos ocorridos na Baixada.

Os roubos de carga também tiveram crescimento de 105,13% na Baixada Fluminense. Só em dezembro do ano passado, os roubos de carga na Baixada tiveram aumento de 34,56%, em relação a 2015. No entanto, Belford Roxo, policiado pelo 39º BPM, disparou em registros, alcançando o percentual de 179,19%.


Via Conecta Baixada
18/02/2017


Compartilhe nas redes sociais

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS QUE ESTÃO BOMBANDO NO BAIXADA VIVA

Próximo post
« Prev Post
Post anterior
Next Post »