Pezão diz que não conhecia o lado corrupto de Cabral




O governador do Rio de Janeiro, Luiz Fernando Pezão, disse ter se surpreendido com as denúncias de corrupção que levaram à prisão seu antecessor e aliado político, Sergio Cabral.

Pezão disse em entrevista a Bernardo Mello Franco, da Folha de S.Paulo, se sentir "triste, chateado" com a prisão e as acusações. "Eu não via este lado dele. Eu via o lado dele de fazer as coisas. O Sérgio foi um gestor que implementou políticas públicas que serviram de modelo para o Brasil inteiro, como as UPPs e as UPAs. Sempre foi um grande agregador, e eu procuro guardar essa imagem dele", declarou o antigo vice de Cabral.

"Eu sofro muito porque ele é um grande amigo. Tenho sentido muito por ver ele e a Adriana [Ancelmo, mulher de Cabral] lá e os filhos aqui fora", disse ainda o governador, que insiste que nunca desconfiou de nada. "Nunca vi isso, nunca percebi. Para mim, é uma grande surpresa. Não sou eu que tenho que julgar as pessoas".

Comandando um Estado em crise, que tem se transformado em praça de guerra por protestos de servidores que não receberam seus salários, Pezão conta que a família já o tentou convencer a renunciar.

Pezão também está nas delações da Odebrecht e já foi citado por propinas no esquema de corrupção comandado por Cabral. Nesta semana, o governador teve o mandato cassado, assim como vice, Francisco Dornelles, pelo TRE-RJ. A dupla irá recorrer no mandato.



Via Folha de São Paulo/Brasil247.com
13/02/2017

Compartilhe nas redes sociais

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS QUE ESTÃO BOMBANDO NO BAIXADA VIVA

Próximo post
« Prev Post
Post anterior
Next Post »