PM desaparecido teria sido reconhecido pelo tráfico e morto em Nova Iguaçu




A Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) investiga se o policial militar Carlos Elias dos Santos foi morto após ter sido reconhecido por traficantes no Conjunto da Marinha, no bairro Ipiranga, em Nova Iguaçu. 



O PM esteve no local, na última terça-feira, junto com uma amiga, identificada como Vivian Ribeiro Machado Viana, para visitar um apartamento que ela desejava alugar.

Dois corpos carbonizados foram encontrados no conjunto, dentro do porta-malas de um carro roubado. A polícia suspeita que seja o PM e a amiga. A identificação, no entanto, só poderá ser feita por exame de DNA. Os cadáveres passarão ainda por radiografia para saber se há material metálico neles.

Os proprietários do carro roubado serão ouvidos pela DHBF para saber detalhes do assalto, já que a polícia acredita que os responsáveis pelo roubo sejam os autores do homicídio.

- Foi um crime muito cruel - comentou o delegado titular da especializada, Giniton Lages.


Via Extra
03/02/2017

Compartilhe nas redes sociais

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS QUE ESTÃO BOMBANDO NO BAIXADA VIVA

Próximo post
« Prev Post
Post anterior
Next Post »