Moradores da Baixada enfrentam horas de fila e madrugam por vacina de febre amarela



O medo da febre amarela está gerando uma corrida aos postos na Baixada. Mas não está nada fácil garantir a prevenção. Na maioria dos municípios, é necessário madrugar para pegar senha ou enfrentar ao menos três horas de fila.

Em Nova Iguaçu, o pátio do Centro de Saúde Vasco Barcelos, no Centro da cidade, estava lotado na quinta-feira. A auxiliar de serviços gerais Maria Rita Silva, de 56 anos, chegou ao local ao meio-dia e só foi atendida depois das 15h:

— A fila está demorando e eles estão atendendo muito devagar, estou parada na porta há um tempão.

Uma moradora de Mesquita, que preferiu não se identificar, disse que em sua cidade só estavam sendo vacinadas as pessoas que vão viajar, por isso ela decidiu ir até Nova Iguaçu. O centro de saúde oferece vacinação todos os dias, mas como em outras cidades da região, é a única unidade em seu município imunizando.

Em Caxias, o Centro Municipal de Saúde distribui 100 senhas às segundas e quintas, a partir das 7h. Segundo funcionários do local, no horário em que começa a distribuição, a fila já está enorme e as senhas acabam em minutos.

— Vou ter que voltar outro dia, cedo. Eu moro em Gramacho, não dá para ir pro Rio, é muito longe — lamenta a massoterapeuta Maria José da Silva, de 41, que chegou por volta das 11h de quinta-feira na unidade em Caxias e já não encontrou vacinas.

Em Meriti, a vacinação acontece no Centro de Saúde Aníbal Viriato às segundas, quartas e sextas, a partir das 8h, também por ordem de chegada, com quantidade de doses diárias variando entre 50 e 100, segundo funcionários. Em Belford Roxo, as vacinas do Pam da Prata acabaram na terça-feira e ainda não chegou novo estoque. Apenas o Posto de Saúde Neuza Brizola oferece uma cota de 20 doses por dia, a partir das 8h.

À espera do estado

As prefeituras de São João de Meriti, Nova Iguaçu e Duque de Caxias informaram que pretendem intensificar a vacinação da população, mas estão aguardando orientações da Secretaria estadual de Saúde, que é quem recebe as doses do Ministério da Saúde e distribui para os municípios.

Em São João de Meriti, o objetivo é abrir mais dois polos, que ainda serão definidos, para vacinação da população. 


Nova Iguaçu promete 15 novas unidades vacinando até o fim do mês e diz que desde janeiro já imunizou 20 mil pessoas. 


Em Caxias, a prefeitura informou que vai mobilizar todas as seis unidades do município para vacinação, mas ainda sem data definida. Já em Belford Roxo, a imunização está sendo feita nas duas unidades visitadas pela reportagem, sendo que em uma delas os estoques tinham acabado.


Via Extra
20/03/2017


Compartilhe nas redes sociais

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS QUE ESTÃO BOMBANDO NO BAIXADA VIVA

Próximo post
« Prev Post
Post anterior
Next Post »