No primeiro dia de vacinação contra a febre amarela, Hemorio recebe mais de 500 candidatos à doação de sangue



Foram aplicadas 370 doses da vacina e coletadas 348 bolsas de sangue.
Imunização segue no hemocentro até sábado, 25/3

A diarista Cristiane Maria do Espírito Santo chegou cedo ao Hemorio, no Centro da cidade, com dois objetivos: doar sangue e tomar a vacina contra a febre amarela. Em pouco mais de uma hora, conseguiu os dois. Primeira da fila no início da campanha de vacinação no hemocentro, Cristiane mora em Nova Campina, em Duque de Caxias, e trabalha na Zona Sul do Rio de Janeiro.

- Faço parte de um grupo de corrida e vamos participar de uma corrida de montanha na Zona da Mata de Minas, daqui a um mês. No sábado, fiquei sabendo que aqui teria a vacinação e resolvi vir, já que onde eu moro a vacinação ainda não começou – explicou ela.

Ao longo do dia, o Hemorio recebeu mais de 500 candidatos à doação de sangue e foram coletadas 348 bolsas de sangue no hemocentro. A campanha segue até sábado, dia 25, e pode ser estendida.

- Quem toma vacina da febre amarela fica inapto para doar sangue por quatro semanas e estávamos temendo que houvesse esvaziamento no nosso banco de sangue por causa da grande procura pela imunização. Então pensamos nessa ação para aproveitar as pessoas que estão vindo se vacinar — explica o diretor geral do Hemorio, Luiz Amorim.

Morador de Jacarepaguá, Marcelo Monte, de 41 anos, adiou um dia a ida ao Hemorio só por causa da campanha.

- Eu já tinha me programado para vir doar sangue na segunda-feira, aqui mesmo no Hemorio. Fiquei sabendo que ia começar a campanha de vacinação na terça-feira e adiei a doação para o dia seguinte para poder, também, me vacinar – contou ele.



Foto: Everton Barsan/SES

Compartilhe nas redes sociais

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS QUE ESTÃO BOMBANDO NO BAIXADA VIVA

Próximo post
« Prev Post
Post anterior
Next Post »