Casa de festas declara falência e deixa na mão clientes que pagaram pelo serviço



O pedido de falência de uma tradicional casa de festas surpreendeu, literalmente, centenas de pessoas nesta terça-feira. As empresas Enlace e Enlace Kids são especializadas em eventos infantis, de debutantes e casamentos, além de possuir outras casas em bairros da Zona Norte e na Baixada Fluminense. Segundo os clientes, o grande diferencial da rede era o preço baixo e as condições de pagamento.

De acordo com a Polícia Civil, cerca de 180 pessoas estiveram na 40ª DP (Honório Gurgel) para fazer boletim de ocorrência contra a empresa. Já na 27ª DP (Vicente de Carvalho), os agentes estimam que outras 30 pessoas passaram por lá.

Camille Oliveira que havia contratado o serviço da empresa para a festa de um aninho da filha no dia 7 de maio, ficou sabendo da notícia através das redes sociais. "Eu estava na rua comprando a roupa que a Daniela usaria no dia do aniversário. Fiquei desnorteada e não sabia o que fazer. Na verdade, ainda não sei como vai o ser aniversário dela", conta a jovem que contratou a Enlace Kids em agosto do ano passado e pagou R$ 1 mil pelo serviço.

"Como eu tinha feito o meu casamento com eles em 2014 e foi excelente, não imaginava que isso pudesse acontecer", relatou. Ainda de acordo com Camille, ela não foi atendida pelos responsáveis em nenhum dos contatos da empresa.

"O dinheiro que eu tinha, investi em outras coisas, porque o aniversário estava certo". Ela disse que vai procurar seus direitos e entrar com uma ação na Justiça contra a prestadora de serviços.

Já a professora Mariana Lopes Rangel que realizaria a festa de aniversário de 4 e 3 anos dos filhos em outubro, criou a página "Lesados pelo Enlace e Enlace Kids Festas no Facebook", com objetivo de mobilizar as pessoas que sofreram com o pedido de falência.

"Eles precisam ser punidos e responsabilizados por isso. Eles trabalham com sonhos", conta. Segundo a professora da rede estadual, a empresa oferecia promoções abaixo do mercado para quem pagasse em dinheiro. Ela gastou R$ 1.400 pela festa dos dois filhos.

"O dono agiu de má fé. Há cinco dias ele estava postando promoções. Ele estava planejando por isso", afirma.

Uma foto e um depoimento do suposto dono da Enlace e Enlace Kids circulou pelas redes sociais. No entanto, a Polícia Civil não identificou a identidade do empresário e também não confirmou a veracidade das informações. A ocorrência está em andamento.

Funcionário não recebe salário desde outubro

Robson Gurgel trabalhava na Enlace desde 2004. No entanto, o supervisor da unidade de Nilópolis afirma que não recebia o salário desde outubro do ano passado. "O dono da empresa me deve R$ 16 mil. E eu não sou o único, outros funcionários estão há muito tempo sem receber", afirma.

Ainda de acordo com o supervisor, as equipes souberam do anúncio pelas redes sociais. "A gente recebeu o comunicado em um grupo nosso no WhatsApp, mas foi por terceiros que tinham visto o anúncio na Internet".

Segundo Robson, a notícia não foi surpresa para ele e os demais colegas de trabalho. "Eu estava desconfiado, porque estavam acontecendo várias festas com o valor promocional de R$ 1.999. Ele só tem duas unidades próprias, as outras ele pagava aluguel", disse o supervisor.

O funcionário ainda conta que vários amigos se casariam nos próximos dias e realizariam a festa pela Enlace. "Eles estão me ligando para saber, mas ninguém sabe de nada. Eu só espero que as coisas se resolvam."

Clientes lamentam nas redes sociais

Na tarde desta terça-feira, muitos clientes do grupo Enlace usaram as redes sociais para reclamar sobre o pedido de falência da empresa. "Precisamos de uma ação coletiva contra eles! Meu sonho acabou!", escreveu uma internauta.

"A festa de 15 anos da minha sobrinha seria nesta quinta-feira. A menina só chora. O sonho foi por água a baixo por conta de pessoas irresponsáveis", comentou outra. "Estamos chocados porque mesmo com todos os problemas que temos acompanhado do salão, não esperávamos que eles teriam tal atitude com seus clientes. Muito triste.", escreveu outro.

Uma outra internauta contou sobre a experiência do aniverário do filho no início do mês. "A festa teve muitas falhas, mas nada que não pudesse ser resolvido. Eu falei isso com eles. Como eles pagavam os funcionários e o buffet, por pagamos pouco para eles. Se fizer os cálculos a conta não fecha", afirmou.

O DIA procurou a Enlace através dos contatos fornecidos pela empresa nas redes sociais. Até o momento, nenhum responsável pela rede foi encontrado para comentar o caso.



Via O Dia
26/04/2017


Compartilhe nas redes sociais

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS QUE ESTÃO BOMBANDO NO BAIXADA VIVA

Próximo post
« Prev Post
Post anterior
Next Post »