Homem suspeito de matar filho por causa de pensão alimentícia é preso

Pai é preso suspeito de matar o próprio filho de 13 anos por causa de pensão alimentícia. Foto: Polícia Civil (E). Robson Júnior, de 13 anos, foi morto e enterrado em praia de Araruama (D)

A Polícia Civil de Araruama prendeu, nesta quarta-feira, um homem suspeito de matar o próprio filho, de 13 anos, cujo corpo foi enterrado nas areias da Praia do Dentinho, no distrito de Praia Seca. Evidênciais da investigação apontam que Robson da Silva Ribeiro assassinou o estudante Robson da Silva Ribeiro Júnior por conta de uma disputa que envolvia o pagamento de pensão alimentícia para o filho.



A investigação criminal foi conduzida pela 118ª DP (Araruama) para apurar as causas da morte de Robson Júnior, encontrado enterrado na areia, no dia 10 de março, quatro dias após desaparecer misteriosamente.

Após a coleta de provas, como fotos, vídeos de câmeras de segurança, registros de coordenadas de GPS e de aplicativos de celular e informações de operadoras, o pai de Robson Júnior, que segundo a Polícia Civil, em seu primeiro depoimento havia contado "uma versão fantasiosa para sustentar seu álibe" mudou a versão e disse que encontrou Robson perto do colégio e o convidou para ir à praia. Chegando lá, o filho teria se afogado e, para não ser responsabilizado, teria enterrado a corpo na area.



No decorrer do caso, os agentes foram encontrando evidências que apontavam Robson como o assassino do filho. Câmeras de vigilância possibilitaram refazer o trajeto de Júnior depois que ele deixou a porta do colégio. Segundo a polícia, em uma das imagens o veículo do pai de Robson é visto em uma região, no mesmo local e horário, em que seu filho foi visto pela última vez.





O carro do pai foi visto trafegando por vias que o filho percorreu
O carro do pai foi visto trafegando por vias que o filho percorreu Foto: Divulgação / Polícia Civil
Por meio de recursos tecnológicos, os investigadores determinaram os pontos que o pai de Robson Junior percorreu no dia do desaparecimento de seu filho. Segundo o resultado do caso, ficou constatado que na naquela tarde ele esteve no mesmo local em que o seu filho foi encontrado morto quatro dias depois.






Via Extra
04/05/2017


Compartilhe nas redes sociais

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS QUE ESTÃO BOMBANDO NO BAIXADA VIVA

Próximo post
« Prev Post
Post anterior
Next Post »