Polícia prende em Mesquita membro de torcida organizada do Fluminense acusado de cometer crimes



Agentes da Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI) prenderam neste domingo (7) dois suspeitos de homicídio, durante operação desencadeada para cumprir mandados de prisão relacionados a integrantes de torcida organizada.

Thiago de Oliveira Ramos, de 33 anos, foi preso em São Gonçalo, na Região Metropolitana do Rio. De acordo com a polícia, ele é suspeito de envolvimento na morte de Diego Martins Leal, ocorrida durante uma briga entre torcedores, em agosto de 2012.

Já Thiago Alves de Souza Aprigio, de 21 anos, membro da torcida Young Flu, foi preso em Mesquita, na Baixada Fluminense, por ligação com outro assassinato, ocorrido em julho de 2015.

De acordo com a delegada Daniela Terra, titular da DRCI, há um inquérito em curso que busca identificar e prender envolvidos em casos de violência praticada por torcidas organizadas. A a delegada informou que Wallace Costa Mota, presidente de uma torcida organizada é alvo de investigação da especializada, está foragido.

Contra Wallace há mandado de prisão pendente, relacionado ao homicídio de Diego da Silva dos Santos, torcedor do Botafogo, morto com um espeto de churrasco em fevereiro último.

A delegada disse ainda que foi cumprido mandado de busca e apreensão na residência de Alan Mello de Oliveira, conhecido como Hamburgão. No local, foram apreendidos computadores. Alan é investigado por envolvimento em diversas brigas de torcida.




Via G1
08/05/2017

Compartilhe nas redes sociais

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS QUE ESTÃO BOMBANDO NO BAIXADA VIVA

Próximo post
« Prev Post
Post anterior
Next Post »