Preso mais um envolvido na morte de estudante em bar de São João de Meriti

Paulo Cezar Macedo Bahia Junior, acusado por estrangular a vítima. Foto: Divulgação

Policiais da Delegacia de Homicídios da Baixada Fluminense (DHBF) prenderam, nesta segunda-feira, Paulo Cezar Macedo Bahia Junior, em Saracuruna, na Baixada Fluminense. Ele é acusado de ser um dos agressores que espancou o estudante Bruno Mello Durange, de 28, após discussão, ocorrida na sexta-feira, 28 de abril, que ocasionou em sua morte no domingo segunte, 30. Paulo Cesar e Fagner, dono do bar e um dos agressores, vão responder por homicídio qualificado e podem pegar até 30 anos de prisão.

O delegado do caso, Luis Otávio Franco, informou que efetuará o mandato de prisão temporária e aguardar que os advogados dos acusados apresente a defesa e encaminhar o inquérito à justiça.

Além de ser acusado por homicídio qualificado, Fagner vai responder por posse de munição.

Entenda a história:

Bruno Mello Durange foi morto espancado dentro de um bar em Vilar dos Teles, São João de Meriti, e deixou uma filha de 2 anos. Ele foi agredido com um taco de sinuca na cabeça, na noite da sexta-feira, 28 de abril, e teve traumatismo craniano. O homem estava no Floresta Bar com amigos e familiares, quando começou uma discussão.

Ele foi socorrido para o PAM de São João de Meriti e transferido, em seguida, para o Hospital Geral de Nova Iguaçu (Hospital da Posse), em estado grave. O jovem morreu na madrugada deste domingo. 



A vítima estava no 2º período da faculdade de Administração. Ele estava desempregado depois de ter perdido, no começo de 2017, o emprego de assistente administrativo no Hospital municipal Miguel Couto, Leblon, Zona Sul do Rio.


Via Extra
09/05/2017

Compartilhe nas redes sociais

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS QUE ESTÃO BOMBANDO NO BAIXADA VIVA

Próximo post
« Prev Post
Post anterior
Next Post »