Tráfico da Maré faz transmissão ao vivo de baile funk



Ostentando fuzis e pistolas, traficantes fazem transmissão ao vivo pelo Facebook de bailes funks que ocorrem no Complexo da Maré. Os ‘lives’ foram gravados pela polícia, que já identificou a maioria dos criminosos. Uma das filmagens ocorreu durante uma festa na Nova Holanda, nesse feriadão.






A primeira ação deste tipo entre os traficantes aconteceu em janeiro, no aniversário de Rodrigo Caetano, o Motoboy, apontado como chefe do tráfico da Nova Holanda, e mostrou sete traficantes armados. As festas ocorrem a 200 metros da Avenida Brasil, no Campo da Paty.

No local, segundo depoimentos colhidos na 21ªDP (Bonsucesso), é livre a venda de drogas que rende cerca de R$ 30 mil na venda de entorpecentes em seis horas de festa. “Tem pó de R$5, de R$ 20 e R$ 50. Cada saquinho tem o nome do gerente, responsável pela contabilidade ”, disse um informante. O baile ocorre mesmo sem autorização da Polícia Militar e dos Bombeiros.

“Uma empresa de ônibus que tem garagem dentro do Complexo da Maré é forçada a ceder os coletivos para bloquear as ruas e, às vezes, é forçada a fazer transporte de moradores de outras comunidades”, afirmou Wellington Vieira, delegado da 21ªDP (Bonsucesso).

Aluguel de armas

Na transmissão do aniversário de Motoboy aparecem os irmãos Alexandre Carlos Ferreira e Brian Flagg Nascimento. Os dois participaram do tiroteio com traficantes rivais que, no dia 16 de fevereiro, matou a menina Fernanda Pinheiro, 7, com um tiro no coração. Ela foi enterrada com uma fantasia de princesa, roupa que usaria em seu aniversário

O Disque-Denúncia oferece R$ 1 mil de recompensa por Carlos Nascimento, conhecido como Mudinho, acusado também do sequestro de um engenheiro em 2012, na Urca. “O desdém do Mudinho é tanto com a polícia, que ele gosta de posar para fotos com o colete da Polícia Militar”, disse um investigador.

A Delegacia Especializada em Armas, Munições e Explosivos vai entrar em contato com a delegacia de Bonsucesso para pegar informações sobre o aluguel de armas feito por traficantes, conforme revelou reportagem do DIA de ontem.

Traficantes da Maré alugam pistolas para usuários de crack assaltarem ônibus na Avenida Brasil, de acordo com o depoimento de Douglas Nascimento, o Pivete, chefe da quadrilha que atua nesse tipo de crime na via expressa. A prisão de Pivete ocorreu em fevereiro, após uma matéria do DIA da série ‘Passageiros da Agonia’, sobre roubos em coletivos, ser publicada em janeiro.

A matéria mostrou que o mandado de prisão para Pivete estava há dois meses parado no Tribunal de Justiça. Um dia após a denúncia, a juíza Ana Mota Helena Lima, da 26ªVara Criminal, deferiu o pedido da polícia pela sua prisão preventiva.

ASSISTA AO VÍDEO:







Via O Dia
02/05/2017


Compartilhe nas redes sociais

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS QUE ESTÃO BOMBANDO NO BAIXADA VIVA

Próximo post
« Prev Post
Post anterior
Next Post »