É boato que bandeirinha foi assassinada por causa de futebol e ciúmes



Que o futebol é um meio machista, muita gente já sabe. A prova de como é complicado uma mulher se inserir no meio é a “vida curta” que árbitras e auxiliares têm, via de regra no esporte.

Em fevereiro deste ano, a bandeirinha Fernanda Colombo decidiu se aposentar aos 25 anos de idade. Apesar de ter realizado muitas boas atuações, ela acabou sendo lembrada no esporte pela beleza e por por críticas machistas que recebeu em supostos erros de arbitragem em um partida entre Atlético (MG) x Cruzeiro.

Agora, a “aposentada” volta aos holofotes. De acordo com uma série de textos que circulam online, a bandeirinha Fernanda Colombo teria sido assassinada. Uma das versões dá conta que ela morreu por “causa de futebol”. Outra dá conta que ela morreu por causa de ciúmes do marido. Leia textos que circulam online:

A Coisa tá tão feia, que a falta de confiança termina o relacionamento em homicídio agora. A bandeirinha do ano passado (isto mesmo, que deu ‘aquele impedimento’) foi assassinada pelo marido porque falou que “ia para academia”. Segundo sei, parecia ser falta de confiança. Conclusão: Executada.

Onde esse mundo vai parar rapaz mata uma bandeirinha por causa de jogo merece a pena de morte, Passaram a bandeirinha que apitou furacão x Fla

Bandeirinha é assassinada pelo marido. Informações preliminares dizem q ela estava traindo o marido ao qual dizia ir à academia mas na verdade ia ao encontro do amante..
Bandeirinha que apitou jogo do Flamengo foi assassinada?

O vídeo da morte e a imagem do corpo (que não vamos mostrar aqui) começaram a circular na internet junto com a imagem de Fernanda apitando um jogo. Mas será mesmo que mataram a “bandeirinha do jogo do Flamengo x Atlético (PR)”? A resposta é não. Vamos aos fatos.

A postagem na internet é uma sucessão de erros. Para começar, Fernanda não foi a bandeirinha do jogo “do impedimento” do Flamengo e Atlético (PR). Se os internautas estão se referindo aos jogos da Libertadores deste ano que tiveram gols anulados em impedimento (tanto o do Maracanã como o da Arena da Baixada), a arbitragem foi internacional.

Se as pessoas estão referindo ao jogo Atlético (PR) x Flamengo que teve uma auxiliar mulher foi o jogo do Brasileirão deste ano, que terminou 1 a 1. Porém, a auxiliar era Neusa Inês Back e o jogo não teve nenhum “gol de impedimento”. Por sinal, Fernanda Colombo nunca apitou um confronto entre os rubro-negros paranaense e carioca (pelo menos não nenhum polêmico).

Mas e a mulher que foi morta? Na realidade, ela não tem nada a ver com futebol. Trata-se de um crime que aconteceu na cidade de Fortaleza no dia 9 de junho de 2017. Sandra Rafaela Bastos foi executada ao sair da academia por homens em uma moto. A polícia está investigando o caso, que pode ter ligação com tráfico de drogas. Ou seja, nem a tese do ciúme se sustenta.

Resumindo: a bandeirinha que apitou o jogo Flamengo x Atlético (PR) e marcou “o impedimento” não foi assassinada. Fernanda Colombo (que já foi confundida na internet em outras ocasiões) sequer apitou o tal jogo. Tampouco morreu.


Fonte: www.boatos.org
13/06/2017


Compartilhe nas redes sociais

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS QUE ESTÃO BOMBANDO NO BAIXADA VIVA

Próximo post
« Prev Post
Post anterior
Next Post »