Repórter da Record é atropelado e sofre fratura craniana



O repórter Carlos Cavalcante, da TV Record, foi atropelado na manhã de sábado (3) enquanto fazia uma corrida dentro da Cidade Universitária da Universidade de São Paulo (USP). De acordo com informações do UOL, ele teve fratura na cabeça, mas não corre risco de morrer.

"Todo final de semana, eu corro na USP. Um carro aparentemente desgovernado atravessou a rua e entrou na área demarcada para corrida e me atropelou. 


Eu só me lembro de acordar com a cabeça ensanguentada e com o SAMU ao meu lado", contou ele, em entrevista ao portal. O repórter, que trabalha no programa 'Patrulha do Consumidor', de Celso Russomanno, ficou cerca de 30 minutos desacordado.

Cavalcante foi socorrido por ciclistas que passavam pelo local. Ele está internado em estado regular na área semi-intensiva do Hospital Bandeirantes, na capital paulista. O jornalista ainda não tem previsão de alta.

Além da fratura na cabeça, ele também fraturou uma vértebra e sofreu escoriações em outras partes do corpo.

O motorista do carro que atropelou Cavalcante é um jovem de 21 anos que teria dormido ao volante na volta de uma festa. "Não tenho nada contra o cara que me atropelou. A única coisa que eu quero é alertar para as pessoas não beberem e dirigirem. É muito perigoso", alertou. O caso foi registrado na 91º DP.



Via Notícias ao Minuto/Uol
04/06/2017

Compartilhe nas redes sociais

LEIA OUTRAS NOTÍCIAS QUE ESTÃO BOMBANDO NO BAIXADA VIVA

Próximo post
« Prev Post
Post anterior
Next Post »